PUBLICIDADE
Notícias

Curso de mediação de conflitos será realizado em escolas públicas até abril

Capacitação tem o objetivo de tornar os profissionais da rede pública aptos para mediar conflitos disciplinares, empresariais e familiares na rede pública

12:12 | 07/03/2014
Profissionais de 12 escolas públicas municipais, nas quais foi identificada maior vulnerabilidade social, receberão capacitação para mediar conflitos e pacificar comunidades. A ação faz parte do Termo de Cooperação Técnica, assinado na manhã desta sexta-feira, 7, pela Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza, Ministério Público do Estado do Ceará e a ONG Terre des hommes.

De acordo o promotor de Justiça Edson Landim, coordenador dos Núcleos de Mediação Comunitária do MP, a proposta é envolver toda a comunidade escolar e possibilitar a resolução de conflitos de forma pacífica e diplomática, incentivando uma cultura de paz. “Inicialmente serão promovidos, em seis escolas, cursos para resolução de conflitos de natureza disciplinar, empresarial e familiar”, completa.

A previsão é de que o curso de formação dos profissionais, com 40 horas/aula, seja ofertado até abril. As escolas que vão receber a capacitação serão divulgadas posteriormente pela Secretaria de Educação.

Mediação
A mediação é o ato de criar oportunidades para que as pessoas expressem suas emoções e seus sentimentos e promover o diálogo entre as partes envolvidas em um conflito. A mediação comunitária consiste na solução de conflitos de forma extrajudicial.

Além de estimular a promoção da paz, a prática reduz o número de demandas no Poder Judiciário, segundo o Ministério Público.

Redação O POVO Online com
informações da Prefeitura Municipal de Fortaleza

TAGS