PUBLICIDADE
Notícias

Adolescentes fazem rebelião no Patativa do Assaré

Motim teria começado após tentativa de fuga realizada por um grupo aproximadamente 10 jovens. Dois internos teriam conseguido escapar

21:53 | 26/03/2014
NULL
NULL

Adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Centro Educacional Patativa do Assaré fizeram uma rebelião na unidade, entre a tarde e noite desta quarta, 26, no bairro Ancuri, na Capital. Parte do mobiliário do prédio foi incendiado. O motim teria sido uma manifestação de apoio à tentativa de fuga de um grupo formado por cerca de 10 jovens. Segundo informações extra-oficiais da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), divulgadas no fim da noite de ontem, três internos teriam conseguido fugir. Porém, apenas um deles teria sido recapturado pela Polícia Militar.


Ainda de acordo com a assessoria de imprensa da STDS, a confirmação da fuga, bem como a situação física do prédio, seria divulgada somente na quinta, 27, após uma nova recontagem dos internos e da realização de uma perícia na unidade. Até o fechamento desta matéria, apenas um dos 162 jovens que estão internados na unidade, havia precisado de atendimento médico. O jovem teria inalado muita fumaça e foi levado para um hospital, com problemas respiratórios.


A rebelião
O motim teve início por volta das 17h30min, após a realização de um evento na unidade, que contou a com a presença dos pais dos internos. De acordo com o major Lino José, do Corpo de Bombeiros, os adolescentes incendiaram colchões e quebraram lâmpadas e aparelhos de televisão.


A rebelião só foi controlada por volta das 19h30min, após ação do Batalhão de Choque (BPChoque), da Polícia Militar. Os policiais encaminharam os infratores para o pátio da unidade, onde houve uma contagem e foi notada a ausência de dois jovens. No total, sete focos de incêndio foram apagados pelos Bombeiros. O motivo da rebelião será investigado.

 

Thiago Paiva

TAGS