PUBLICIDADE
Notícias

Delegado suspeito de aceitar suborno de traficantes é afastado do cargo

20:09 | 15/01/2013

Um delegado plantonista da Polícia Civil foi afastado do cargo nesta terça-feira, 15, suspeito de se negar a prender um grupo de traficantes na última segunda-feira, 14. O grupo teria tentado subornar os policiais militares que efetuaram a prisão com a quantia de R$ 30 mil, segundo informações da Polícia Civil do Estado.

De acordo com a Polícia, o delegado teria liberado os suspeitos de tráfico elaborando um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) no qual enquadrava o grupo apenas como usuários de drogas, se negando a efetuar a prisão dos homens. A quadrilha foi presa em seguida com grande quantidade de drogas, uma balança de precisão e R$ 1.092 em dinheiro.

Policiais Militares efetuaram denúncias contra o caso e investigam o grupo acusado de tráfico de drogas. Segundo a denúncia, o grupo ainda tentou oferecer a quantia de R$ 30 mil aos policiais militares que efetuaram a prisão, porém, de acordo com os policiais, o dinheiro não foi aceito.

O delegado, que estava de plantão no 34º Departamento de Polícia, vai ser investigado por se negar a prender os traficantes. Ele foi afastado preventivamente de suas funções e, segundo a portaria que trata do caso, está à disposição do Departamento de Recursos Humanos (DRH) da Polícia Civil, devendo entregar sua identidade funcional, armas e algemas.

 

Redação O POVO Online

TAGS