PUBLICIDADE
Notícias

Operários do Castelão decretam estado de greve nesta manhã

A Secopa informou que está acompanhando todo o processo e mantém a data para a entrega do estádio em dezembro de 2012

09:07 | 03/04/2012

Atualizada às 12h27min, do dia 04/04/2012

Cerca de 1.200 operários que trabalham nas obras do estádio Castelão para a Copa 2014 entraram em estado de greve na manhã desta terça-feira, 3. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Pesada e Montagem Industrial do Ceará (Sintepav-CE), os trabalhadores paralisaram as obras, em decorrência do descumprimento de um acordo coletivo realizado em abril de 2011.

Durante assembleia realizada pelo sindicato em fevereiro de 2012, os funcionários relataram irregularidades nas empresas do consórcio Arena Multiuso Castelão. Segundo o sindicato, foi feito um aditivo ao acordo coletivo do ano passado, que incluiu as empresas subcontratadas.

A categoria informou que essas empresas subcontradas não estão pagando o salário estabelecido no acordo com o consórcio e os trabalhadores também não estariam recebendo valor adicional pela hora extra. O presidente do Sintepav, Raimundo Nonato Gomes, e uma comissão de trabalhadores estão no local. Uma nova assembleia está marcada para o dia 16 de abril.

O consórcio

Em nota divulgada nesta manhã, o Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça afirmou que que abril é o mês do dissídio dos trabalhadores da Construção Civil. A pauta de reivindicações apresentada pelo SINTEPAV está sendo negociada e ainda de acordo com o consórcio, estava prevista para o dia 12 de abril, uma reunião entre o SINTEPAV e o SINICON, em que seriam discutidas as propostas das empresas e dos trabalhadores.

O consórcio acredita que a greve é o último recurso a ser aplicado durante uma negociação e a situação está sendo avaliada pela diretoria das empresas. Eles se colocaram a disposição para negociar com os trabalhadores para chegar a um acordo que favoreça a todos.

A Secretaria Especial da Copa 2014 (Secopa) informou que está acompanhando todo o processo e mantém o compromisso do Consórcio Construtor, formado pelas empresas Galvão Engenharia e Andrade Mendonça, para a entrega do estádio em dezembro de 2012.

Jéssika Sisnando
[email protected]

TAGS