PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL

Cursos de pós-graduação funcionam como vantagem competitiva

Atender à demanda de mercado, desenvolver pesquisa e aumentar a remuneração são algumas das motivações que levam profissionais a investir na pós-graduação

15/11/2017 14:45:00
NULL
NULL

Atender à demanda de mercado, desenvolver pesquisa e aumentar a remuneração são algumas das motivações que levam profissionais a investir na pós-graduação

Percebendo a carência de profissionais na área de inteligência da informação, Rafael Ferreira, de 22 anos, iniciou a pós-graduação em Ciência de Dados no Centro Universitário 7 de Setembro (Uni7), em agosto deste ano. Ele, que já é graduado em Sistema de Informação pela mesma entidade, espera suprir uma necessidade de mercado. “Percebi que existe demanda por esse profissional. É uma área nova, não existe muita gente especializada”.

Com o curso, Ferreira espera atuar futuramente em funções mais estratégicas, uma vez que esse tipo de profissional abastece gestores com informações de diversas fontes, para a tomada de decisões mais acertadas dentro das empresas.

Evolução na carreira

 

Ana Alencar, de 28 anos, percebeu a evolução na carreira com o MBA em Controladoria e Finanças, que iniciou no primeiro semestre deste ano na Faculdade Ateneu. No caminho para a capacitação, Ana assumiu a gerência da Casa Despertar, clínica de reabilitação para dependentes químicos, onde trabalha desde 2012. “A empresa dá oportunidade de crescimento quando se é qualificado.”

A gestora, que iniciou na instituição no cargo de auxiliar administrativo, recebeu a primeira promoção à coordenadora da entidade quando iniciou a graduação tecnológica em Gestão Financeira, também na Ateneu, em 2016. “Foi a própria empresa que me cobrou uma qualificação”, lembra Ana sobre o desafio de retomar os estudos após anos de concluído o ensino médio.

O MBA é uma conquista que vem com responsabilidades e desafios, revela Ana. “Você tem que conquistar cada vez mais o seu espaço. Se não tem conhecimento, vai chegar um que tem a mais que você. Então, é preciso se renovar sempre”. Satisfeita com o curso, a gestora tem conseguido unir teoria e prática, aplicando os conhecimentos de sala de aula no trabalho.

Para quem planeja também iniciar uma pós-graduação, Ana recomenda automotivação para lidar com a rotina de trabalho e estudo, e a confiança dos benefícios para a vida profissional e pessoal.

Mestrado e doutorado

 

De acordo com dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o número de programas de pós-graduação no Brasil teve crescimento de 25% nos últimos quatro anos. A oferta aumentou de 3.337 para 4.175 programas entre 2013 e 2016, com crescimento de 77% no número de cursos de mestrado profissional, 17% em mestrado acadêmico e 23% em doutorado.

[FOTO1] 

Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade Federal do Ceará (UFC), Antonio Gomes avalia que o mercado de pós-graduação no Estado, no tocante a mestrado e doutorado, apresenta uma grande oferta quantitativa e qualitativa. “Hoje, temos 12 programas de pós-graduação com notas 6 e 7”, informa.

A quantidade de alunos cursando pós-graduação na UFC é em torno de 5.000 só este ano. Em geral, são estudantes que mantêm dedicação exclusiva à pesquisa, por conta do longo período exigido às atividades, explica o pró-reitor.

Entre as motivações para cursar mestrado ou doutorado, Gomes destaca dois fatores: a remuneração e o aspecto intelectual. Segundo o pró-reitor, estudos mostram que o impacto na remuneração do profissional com uma pós-graduação é em média 30%. Além disso, muitos profissionais se veem incentivados pela produção de conhecimento novo na área, que resultará em uma tese.

Vertentes

 

A pós-graduação oferece diversas vertentes. A especialização é um curso que complementa a formação e tem foco na atividade profissional. O mestrado e, principalmente, o doutorado acadêmicos são graus altamente especializados cujo foco é geração de conhecimento novo baseado em pesquisa. O mestrado profissional, bem como o doutorado profissional, recém-criado pela Capes, tem foco na atuação profissional, mas baseados em pesquisa de caráter fortemente aplicado. Para a escolha do curso mais adequado, o pró-reitor orienta decidir pela modalidade baseando-se na atuação profissional, mercado ou academia.