PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL estudante

Ainda vale a pena estudar para concurso?

Fatores como a estabilidade profissional, bons salários e benefícios são o que mais atraem os concurseiros. Mas será que, no Brasil atual, ainda é vantagem estudar para concurso público?

19/06/2019 08:00:09
Ter equilíbrio emocional no momento das provas é fundamental (Foto: Getty Images)
Ter equilíbrio emocional no momento das provas é fundamental (Foto: Getty Images)

Não foram só os empregos do setor privado que sumiram com a crise econômica brasileira. As oportunidades no serviço público também sofreram reduções, apertando ainda mais o funil que seleciona os futuros servidores públicos. Com menos vagas, notas de corte mais altas e maior demora entre um certame e outro, fica dúvida: no Brasil atual, ainda vale a pena estudar para concurso público?

Em um cenário com mais de 13 milhões de pessoas desempregadas, mesmo a recessão econômica também tendo afetado diretamente a iniciativa pública, a garantia de estabilidade no emprego e os bons salários nos asseguram que sim, ainda vale a pena. É o que afirma a diretora do departamento online do Curso Prime, Giovanna Carranza. “Os concursos oferecem uns dos maiores salários do mercado e ainda tem a questão da estabilidade. Há uma instabilidade econômica enorme nas empresas. Analisando esse cenário, o concurso é, sim, o melhor caminho para você conseguir uma estabilidade laboral e financeira”, destaca a professora.

Apesar da concorrência nos concursos públicos ser cada dia maior, Giovanna explica que, atualmente, existem ferramentas que buscam facilitar este processo. “Há uma maior demanda, muitas pessoas estão estudando para concurso, mas também hoje existem muito mais ferramentas do que antes. Antes não existiam livros direcionados para concurso, não existiam sites especializados. Hoje, existe toda a parte de conteúdo, mapas mentais, apostilas, materiais impressos, simulados, além de todo o suporte na parte de inteligência emocional. Então, assim como está extremamente concorrido, tem muito mais ferramentas e, tendo disciplina, o sucesso está garantido”, pontua.

Preparação deve ser completa

Atuando na preparação para concursos há 4 anos, o Curso Prime tem registrado um aumento na procura pelas aulas. Neste período, já são mais de 4 mil aprovados e nomeados, abrangendo os mais diferentes perfis de alunos. “Existem pessoas que nunca trabalharam e decidiram tentar, de cara, o concurso público. Têm pessoas que concluíram o Ensino Médio e já estão querendo fazer concurso, ao invés de graduação no Ensino Superior, assim como também existem aqueles que concluem a faculdade e desejam ocupar um cargo no serviço público. Temos alunos de todas as idades e todas as áreas”, revela a professora.

Além da parte de conteúdo, que é básica e essencial, o suporte emocional se apresenta como um grande destaque nas ferramentas que auxiliam na possibilidade de aprovação. Ter equilíbrio emocional no momento das provas e para seguir batalhando por uma vaga é tão importante quanto a apreensão do conteúdo.

 “A gente está entrando agora com um projeto de auxiliar o aluno a elaborar um cronograma de estudo, de separar os materiais, um sistema de simulado, onde a gente analisa o aluno de acordo com os resultados dele no último concurso, com os colegas. Além disso, a gente faz constantemente eventos de inteligência emocional, trabalha isso em sala de aula. É fundamental para garantir a aprovação”, destaca Giovanna.