PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL nopare

Blindagem de pneus: segurança completa

Blindar o carro e esquecer os pneus deixa os passageiros tão vulneráveis quanto um automóvel sem blindagem. A tecnologia No Pare garante ao motorista uma autonomia de vários quilômetros em alta velocidade, mesmo com os pneus completamente rasgados

20/07/2017 08:00:00
Foto próxima de um pneu. Na imagem, aparece a mão de alguém segurança uma ferramenta junto ao pneu
Foto próxima de um pneu. Na imagem, aparece a mão de alguém segurança uma ferramenta junto ao pneu

[FOTO1]

Só quem já passou por isso sabe: furar um pneu em uma área perigosa da cidade ou numa estrada escura com pouco acostamento é um grande pesadelo. Se o pneu for rasgado e não houver condições de rodar nem mais um pouquinho, até chegar a um local tranquilo, o caso é ainda mais desesperador. É para evitar situações desse tipo que especialistas alertam: se você quer se sentir completamente seguro dentro do seu veículo, não basta blindar a lataria e os vidros.

“Blindar um pneu é tão importante quanto blindar o carro. Se uma pessoa ficar com um pneu furado na rua, ficará vulnerável e não terá como sair de uma situação de perigo”, alerta Marcelo Caldas, diretor da empresa No Pare, especializada na blindagem de pneus. Segundo ele, a procura por este tipo de serviço entre os cearenses vem acompanhando o crescimento do segmento de blindagem automotiva. E até mesmo quem não tem carro blindado vem optando pelo item de segurança. “Muita gente tem procurado blindagem apenas de pneus, principalmente quem transita em áreas como estradas de terras e rodovias”, diz.

No mercado já estão disponíveis diversas opções de blindagens de pneus. Algumas, como as cintas de aço e os pneus runflat, já são bastante conhecidas por quem tem ou trabalha com carros blindados. Um dos produtos mais recentes a entrar no segmento foi o kit No Pare, que utiliza cintas de borracha resistentes com uma estrutura interna de aço para dar ancoragem à roda do carro.

No Ceará, o produto é vendido com exclusividade pela empresa No Pare, que atua há quatro anos no mercado local fornecendo os kits para as principais blindadoras do Estado. O kit para os quatro pneus custa a partir de R$ 4 mil e pode ser aplicado em rodas com aros tamanhos 15 até 22.

No Pare X cintas de aço X pneus runflat

Para o engenheiro mecânico Braulio Alvarez, a superioridade da blindagem de pneus com o No Pare, em relação às demais, é incontestável. Segundo ele, o produto é o único que garante ao motorista um deslocamento estendido em velocidade de até de 80km/h, respeitando os limites de velocidade permitidos, mesmo se os pneus tiverem sido totalmente rasgados. “As cintas de aço foram desenvolvidas apenas para não deixar o pneu desmontar da roda quando ele secar. Elas não proporcionam segurança, nem autonomia”, explica Alvarez.

Já em relação aos pneus runflat, o engenheiro destaca que eles são estruturados com parede lateral mais grossa que, em caso de o pneu secar, faz a sustentação. “Para os padrões das nossas estradas e ruas, ele não funciona, porque é extremamente duro, caro e, se rasgar, não tem conserto. Muitas vezes, não tem nem disponível no mercado para fazer a substituição”, pontua.

Prevenção contra furos

Além da blindagem completa dos pneus, a empresa No Pare disponibiliza, também com exclusividade no Ceará, o Xtire, um gel selante que previne contra furos causados por objetos de até 4 milímetros, como pregos e parafusos. O produto é aplicado preventivamente no interior do pneu vazio. Quando o carro entra em movimento (com os pneus já calibrados), o gel se espalha homogeneamente pela roda. Em caso de perfuração, o líquido vai fazer o reparo instantâneo, de dentro para fora, sem que seja necessário o motorista parar para realizar a troca.

Não deixa de ser um equipamento de segurança. Existem estatísticas de assaltos, atropelamentos, acidentes e situações de perigo que acontecem no ato da troca do pneu”, lembra Alvarez. Ele alerta, no entanto, que o produto só protege contra furos ocasionados na banda de rodagem do pneu e não nas laterais. O selante está disponível no mercado para motocicletas, carros de passeio, picapes, SUVs, utilitários, vans, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas. Para cada tipo de pneu, existe um kit específico. Antes de adquirir o produto, é necessário verificar a medida do pneu, pois a aplicação do kit errado provoca a perca da garantia de eficácia.

TAGS