PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL fecomercio

Encontro Povos do Mar Sesc reúne saberes, sabores e tradições das comunidades litorâneas do Ceará

Iniciativa pioneira no Brasil, o evento fortalece elo entre o homem e o mar promovendo o reconhecimento e o fortalecimento de identidades

20/08/2018 08:00:00

[VIDEO1]

Muito mais que belas paisagens, praias paradisíacas e uma inesquecível hospitalidade, o litoral tem histórias, labores, sabores, arte, tradição, sendo também um território ritualístico. Os povos que protagonizam estas práticas são diretamente influenciados pelo território que ocupam.

Compreendendo essa complexidade e relevância, há alguns anos, o Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc/CE) aplica o conceito de rede, aproximando as comunidades e os seus povos. A culminância dessas ações, realizadas durante todo o ano, voltadas para os povos que habitam a área litorânea, acontece durante o Encontro Sesc Povos do Mar, iniciativa pioneira no Brasil e cuja oitava edição acontece entre os próximos dias 22 e 26. Este ano, o Encontro também integra as atividades de comemoração dos 70 anos do Sistema Fecomércio no Ceará, instituição que mantém, além do Sesc, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), e que representa mais de 150 mil empresas do segmento do comércio de bens, produtos e serviços.

Rendeiras, pescadores, marisqueiras, mestres de cultura popular, com suas práticas e saberes característicos, reúnem-se a partir de um mapeamento proposto pelo Sesc no Ceará para firmar esse intercâmbio de comunidades, protagonizando uma programação construída e materializada durante cinco dias de imersão no Sesc Iparana Hotel Ecológico.

Para imergir nesse universo, o público é convidado a acompanhar toda a programação gratuita. Ao passar pelo Encontro, o visitante mergulha em memórias, saberes, fazeres e apresentações socioculturais como a dança do coco, as atividades náuticas com jangadeiros e barqueiros, a degustação do gigante peixe camurupim assado na brasa, e pode ter uma boa conversa com as rendeiras debaixo dos cajueiros. A programação é composta por oficinas, apresentações artísticas, palestras, práticas alimentares e vivências (trilhas, corrida de zinga, atividades náuticas etc), com o grande objetivo de fortalecer essa rede intercambiável de identidades.

[VIDEO2]
Sobre a programação de abertura

A programação do VIII Encontro Povos do Mar na quarta-feira começa a partir das 8 horas, com a alvorada, marcada pela regata de Jangadeiros da Vila do Mar (Fortaleza), partindo em direção à foz do Rio Ceará. Um dos momentos mais esperados do primeiro dia será a solenidade oficial de abertura, a partir das 19h30, no Sesc Iparana Hotel Ecológico. Lá, o público vai acompanhar o show do cantor cearense Ednardo, a apresentação do grupo Maracatu Az de Ouro e participar da socialização com o peixe camurupim assado na brasa e basquetada.

Sobre o Encontro Sesc Povos do Mar

Tudo começa muito antes dos cinco dias de programação, quando o Sesc Ceará realiza visitas e reuniões de mobilização e articulação in loco nas comunidades participantes do Encontro. O objetivo é de tecer e fortalecer a Rede Sesc Povos do Mar, composta de artesãos, pescadores, marisqueiros, mestre de cultura que, em um grande momento, encontram-se e partilham seus saberes, fazeres e experiências entre si e com o público visitante. Ao longo da programação, são realizadas atividades baseadas em cinco eixos: "Sabores, Saberes e Saúde"; "Feito a Mão"; "Meio Ambiente e Sustentabilidade"; "Cantos, Danças e Brincadeiras"; e "Dragões do Mar". Ao todo, participam cerca de 300 representantes das comunidades litorâneas, além de outros 100 representantes das comunidades vizinhas. A expectativa é de que cerca de 1.500 pessoas participem da programação.

O legado do projeto pioneiro é o fortalecimento de uma Rede Social Sesc para defesa das identidades, a preservação de suas memórias e o fortalecimento comunitário das comunidades costeiras.

O Encontro em Eixos

No eixo "Sabores, Saberes e Saúde", o foco é a socialização das práticas alimentares e de saúde comunitária dos povos do mar. Como exemplo, a socialização com o público do prato Camurupim na brasa, assado de forma tradicional. O eixo "Feito à Mão" reúne artesãos, ofícios, técnicas e labores desenvolvidos pelas comunidades litorâneas, compartilhando conquistas, com destaque para a feira "Onde há rede, há renda", quando o público pode conhecer e adquirir diversos produtos.

O "Meio Ambiente e Sustentabilidade" é o eixo que traz experiências de Organizações Não Governamentais (ONGs), associações e protagonistas das próprias comunidades sobre as questões do clima e da preservação ambiental, como o Turismo Cultural de Bases Comunitárias. Por meio dele, surgiu o projeto "Sesc Conversas Flutuantes", que permanentemente realiza ações socioeducativas na área do Rio Ceará.

O eixo "Cantos, Danças e Brincadeiras" reúne expressões artísticas e comunitárias dos povos do mar, congregando e fomentando as brincadeiras e as culturas de tradição oral, como a dança do coco, reisados, bois e bonecos. Já o eixo "Dragões do Mar" desenvolve, de forma especifica e sistêmica, programações que refletem acerca da utilização do tempo livre e o aprendizado de esportes náuticos. É nele que acontecem as corridas de canoa e a visita ao navio Mara Hope, naufragado na costa da capital cearense.

Serviço

VIII Encontro Sesc Povos do Mar (gratuito)

Onde: Sesc Iparana Hotel Ecológico (av. José de Alencar, 150 - Caucaia) 

Quando: de 22 a 26 de agosto, das 7h30 às 20h30

Solenidade de abertura e show com Ednardo (gratuito)

Onde: Sesc Iparana Hotel Ecológico (Av. José de Alencar, 150 - Caucaia) 

Quando: 22 de agosto, às 19h30

*Programação completa em www.sesc-ce.com.br 

Mais informações: (85) 33184918 ou 0800 275 5250

Facebook e Instagram: Sesc Ceará

Twitter: @sesc_ce

Instagram: @sescce

TAGS