PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL empreender

Ceará ganha plataforma que mostra as melhores oportunidades de negócios para 2021

Batizada de Radar Sebrae, a ferramenta tem como objetivo apoiar a abertura de pequenos negócios

30/11/2020 23:38:45
Hortifrutigranjeiro ocupa o primeiro lugar da lista
Hortifrutigranjeiro ocupa o primeiro lugar da lista

Três ninchos de mercado devem se concretizar como as melhores oportunidades de negócios para 2021. A estimativa é da mais nova plataforma do Sebrae, lançada oficialmente nesta sexta-feira (27/11), no Ceará. Como o nome já adianta, a ferramenta é uma espécie de radar de novos negócios, por meio dela é possível analisar as melhores informações para investir com mais acertividade. O Radar de Oportunidades Sebrae foi desenhado para apoiar os empreendedores na identificação de oportunidades de negócios e na localização mais adequada para o ponto comercial.

Descobrir como abrir um empreendimento de sucesso é uma das principais dúvidas que pairam sobre a cabeça de qualquer empreendedor, mas nem todo mundo dispõe do capital necessário para contratar uma consultoria, por exemplo. Em meio a muitas ideias e possibilidades, acaba-se por perder o rumo. Como dar o ponta pé inicial? A ideia do Radar Sebrae é que, em apenas 3 cliques, o usuário possa ter acesso a informação de mercado que ele precisa. Potencialidade dos pequenos negócios, saturação de mercado, mortalidade, perfil dos clientes e concorrentes são algumas das possibilidades disponibilizadas pela plataforma: “É uma ferramenta de inteligência de mercado para validação de ideias de negocios e sugestão de melhores locais para empreender”, explica o articulador da unidade de gestão estratégica do Sebrae/CE, Felipe Cruz.

Dentro da ferramenta o usuário poderá seguir por três caminhos: 'Quero validar uma ideia de negócio' é para aqueles que ainda não sabem o que abrir, mas gostariam de conhecer as possbilidades; 'Quero um local para abrir um negócio' se encaixa no perfil de quem já sabe o que quer, mas ainda está a procura do local ideial; e a aba 'Quero conhecer melhor o mercado' é para aquele pequeno empresário que já tem seu próprio negócio, mas que quer obter informações mais apuradas sobre o ramo para aumentar sua competitividade. Os filtros permitem realizar a pesquisa por cidade ou região. Hoje, além do Ceará, o Radar Sebrae está disponível em outras oito cidades brasileiras e, dentro do Estado, Fortaleza, Caucaia, Aracati, Sobral e Juazeiro do Norte, completam a lista.

João Fabrício utilizou a ferramenta para consolidar sua ideia de negócio
João Fabrício utilizou a ferramenta para consolidar sua ideia de negócio (Foto: arquivo pessoal)

João Fabrício Fernandes Freitas, 26, sempre teve um sonho: abrir seu próprio negócio. Sem capital, optou por fazer um curso técnico. Trabalhando como eletricista numa multinacional e sem largar o sonho de empreender, começou a juntar dinheiro. Com um olhar atento ao andar pelas ruas do Conjunto Palmeiras, percebeu uma necessidade do bairro: mercadinhos que oferecessem uma melhor estrutura e preços competitivos. Hoje a área onde ele mora conta com pequenas mercearias, mas sem preços atrativos e com poucas opções de mercadorias, ele percebeu que talvez fosse essa sua chance de entrar no ramo. Jogou na busca “melhores locais para empreender”, foi assim que encontrou o Radar Sebrae. “A ferramenta apontava filtros interessantes das empresas que tinham potencial de crescimento e as que estavam saturadas na minha região”. Mostrou ainda o perfil dos clientes e “isso me apontava para uma acertividade ainda maior”, explica.

Na região, empresas de serviços de produtos de limpeza era o que estaria em alta no momento, segundo a ferramenta. Na mesma semana, um vizinho abriu uma loja de produtos de limpeza. Mas o setor não despertou o interesse do eletricista. Fabrício conta, inclusive, que o vizinho já formou sua clientela, o que o deixou ainda mais animado com a plataforma: “vi, na prática, que ela funciona”. O segundo setor mais promissor no bairro, apontado pelo Radar, foi o hortifrutigranjeiros. Foi aí que Fabrício entendeu que poderia unir o útil ao agradável: “ a necessidade de mercadinhos mais estruturados com um setor especial de hostrifrutis dentro dele poderia ser meu negócio”. Vendeu o carro, comprou o ponto e agora está reformando para tornar seu sonho realidade.

As informações contidas na plataforma são atualizados trimestralmente por meio de duas fontes de dados públicos, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e a Receita Federal, assim é possível apontar com precisão informações geo-referenciadas, dispostas dentro de um mapa e qualificadas sobre onde estão localizadas as empresas, qual o tipo de dinâmica empresarial elas têm a partir do movimento de abertura e fechamento destes empreendimentos dentro da série histórica; qual o padrão de consumo daquela localidade, que tipo de produtos e serviços estão buscando e qual a intensidade que estão consumindo; e por último, a chamada rede de estruturação, ou seja, como está o apoio de fornecedores naquela região.

De posse de todas essas informações, a plataforma aponta as três melhores oportunidades de negócios para 2021, são elas:

Hortifrutigranjeiros: apontado pela ferramenta em primeiro lugar em virtude da expansão dos padrões de consumo focados em alimentação saudável e produtos orgânicos;


Pronto socorro ou empreendimentos da área de saúde: em segundo lugar na lista, as atividades ambulatoriais que, junto as atividades farmacêuticas, cresceram bastante no ranquiamento de oportunidades de negócios em vistude do período pandêmico;


Serviços de limpeza e higienização doméstica: em terceiro lugar, ficaram os serviços de limpeza e higienização doméstica. Esses empreendimentos tiveram um boom, um grande incremento em virtude das necessidades das pessoas se sentirem mais seguras dentro das suas próprias casas, por meio dos processos de limpeza profissional dos móveis e desinfecção de ambiente.

“O padrão que podemos observar dentro da ferramenta é que estamos seguindo numa dupla direção que aponta tanto para o consumo consciente quanto para o consumo de segurança. O empreendedor precisa estar atento que neste momento em que vivemos não basta só pensar no melhor produto, é preciso pensar na melhor forma de entregá-lo”, aponta Felipe.

Para conhecer o mundo de possibilidades do empreendedorismo dentro ou fora do Estado, basta acessar www.radarsebrae.com.br  ou baixe o aplicativo.

Gostou desse conteúdo? Para mais informações sobre os melhores caminhos para alavancar seu negócio, acesse www.seminarioempreender.com.br e saiba mais!

 

 

 

 

TAGS