PUBLICIDADE
PUBLIEDITORIAL AMC

Cuidados com motociclistas são reforçados em nova campanha da AMC

Agentes da AMC atuam nas ruas fazendo um trabalho de orientação para prevenir a Covid-19 e acidentes

27/05/2020 07:00:23
Campanha lembra a importância de ações de prevenção para evitar o contágio e a transmissão da Covid-19. (Foto: Divulgação/AMC)
Campanha lembra a importância de ações de prevenção para evitar o contágio e a transmissão da Covid-19. (Foto: Divulgação/AMC)

Com medidas de distanciamento social decretadas no Ceará desde março e o isolamento social rígido vigorando em Fortaleza desde o início de maio, o número de acidentes de trânsito na Capital diminuiu 72%, segundo dados da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC). O quantitativo de óbitos por acidentes também foi alterado, com mortes por colisões e atropelamentos reduzidas em cerca de 40%. No entanto, um grupo de condutores tem aumentado nas ruas: os motociclistas que realizam entregas, responsáveis pela maior parte dos serviços de delivery em Fortaleza.
Pensando nisso, a AMC lançou uma nova campanha educativa direcionada a esse público na semana passada. A ideia do vídeo, que vem sido veiculado na imprensa e nas redes sociais e tem como protagonista um entregador de aplicativo, é lembrar a importância de ações de prevenção para evitar o contágio e a transmissão da Covid-19, bem como a necessidade de seguir as regras de trânsito mesmo com menor movimento nas vias.
“O trabalho dos motociclistas, que já era importante, tem sido fundamental para a cidade nesse momento. Porém, além de esses trabalhadores estarem se expondo e expondo suas famílias ao risco de transmissão, eles também podem ser vetores da doença, pois estão em contato com muitas pessoas. Por isso, estamos conduzindo ações de orientação em nossos comandos operacionais, com distribuição de máscaras e informações sobre higiene”, explica o superintendente da AMC, Arcelino Lima.
Outro aspecto relevante da campanha é o reforço das leis de trânsito, já que com as ruas mais tranquilas é comum que condutores desrespeitem as normas com maior frequência.
“Como as vias estão mais livres, o motociclista fica mais propício a avançar semáforos, andar na contramão ou circular sobre a calçada para se locomover com mais rapidez. Também é comum que o condutor não afivele corretamente o capacete e exceda o limite de velocidade. Essas são as principais medidas de segurança que não podem ser desrespeitadas”, completa.

Acidentes de trânsito podem sobrecarregar hospitais na luta contra a Covid-19
Ficar em casa, nesse período, é auxiliar diretamente os hospitais e profissionais que estão na linha de frente contra a Covid-19. E isso não se aplica somente através do distanciamento entre pedestres: com menos carros, motos e bicicletas nas ruas, a probabilidade de colisões e atropelamentos diminui, bem como a chance de haver feridos nesses acidentes, o que resulta em maior disponibilidade de leitos para doentes infectados pelo coronavírus.
“Se você tem um volume de tráfego menor, a probabilidade de haver acidentes cai, e você ajuda diretamente a rede de saúde. Dessa forma, além de evitar aglomeração, o leito que seria ocupado por esses pacientes, seja para uma sutura simples ou para um tratamento mais sério, fica disponível para quem está infectado e precisa de cuidados mais intensos”, lembra o superintendente.
Por isso, a AMC tem intensificado barreiras de fiscalização em pontos da Capital que registram menor taxa de isolamento social, como as regionais I e V. “Nosso contingente está focando em pontos de ampla movimentação mesmo durante a quarentena, como a Via Expressa e outras avenidas da cidade. Estamos fazendo um levantamento constante para identificar esses locais, com a ajuda de sensores e da rede de semáforos”.

Principais cuidados no trânsito para motociclistas
- Respeitar limites de velocidade, não avançar sinais ou andar na contramão, mesmo em vias mais tranquilas;
- Uso de máscara de proteção, mesmo com o capacete;
- Higiene constante das mãos com álcool em gel, especialmente antes e após ter contato com produtos e clientes;
- Distanciamento de pelo menos 1,5 metro no recebimento e entrega de produtos;
- Uso de capacete afivelado;
- Higiene constante do veículo.

AMC na quarentena
- Desde o início do isolamento social rígido em Fortaleza, a AMC já realizou mais de 12 mil abordagens a veículos para orientações sobre medidas preventivas contra o coronavírus
- Ao todo, foram entregues 725 kits educativos
- Até agora, já foram distribuídas 1.450 máscaras em diversos pontos da Capital