Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Microsoft tem alta anual de 2% no lucro do 4º trimestre fiscal, a US$ 16,7 bi

A Microsoft registrou lucro de US$ 16,7 bilhões no quarto trimestre fiscal de 2022, como informou nesta terça-feira, 26, e receita de US$ 51,9 bilhões. Ajustado por ação, o lucro ficou em US$ 2,23, abaixo a expectativa de US$ 2,29 feita por analistas do FactSet. Diante do resultado, a ação da companhia caía 0,83%, às 17h37 (de Brasília), no after hours em Nova York.

Em comparação a igual período do ano fiscal de 2021, o lucro líquido cresceu 2% e a receita, 12%.

Em comunicado aos investidores, a Microsoft afirma que houve impacto por condições macroeconômicas e outros itens não previstos que constavam no forward guidance divulgado no mês de abril. São eles: a mudança de câmbio não favorável, a continuação das paralisações de produção na China, redução com gastos de publicidade e efeito negativo sobre o LinkedIn e a redução de operações na Rússia, diante do andamento da guerra na Ucrânia.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Como destaques, a gigante da tecnologia aponta o crescimento de 26% na receita do Linkedin, de 9% na receita de serviços e produtos comerciais e para consumidor e de 19% nos produtos Dynamics.

Na nota, o CEO Satya Nadella diz ver oportunidade real para apoiar cada indústria no uso de tecnologia digital. Já a vice-presidente Amy Hood afirma que foi observada forte demanda no trimestre mais recente, com maior compromisso de seus clientes em relação às plataformas de nuvens.

Em todo o ano fiscal de 2022, a receita da empresa foi de US$ 198,3 bilhões, com alta anual de 18%, e lucro líquido de US$ 72,7 bilhões, com aumento anual de 19%.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar