Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Petrobras vende refinaria em Fortaleza por US$ 34 milhões

Lubnor atende os mercados de Norte e Nordeste com a produção de lubrificantes e asfalto

A Petrobras informou que assinou contrato para a venda da da refinaria Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor) por US$ 34 milhões. A compradora é a empresa Grepar Participações Ltda., veículo societário de propriedade conjunta das empresas Grecor Investimentos em Participações Societárias Ltda., Greca Distribuidora de Asfaltos Ltda. e Holding GV Participações S.A.

De acordo com a Companhia, US$ 3,4 milhões foram pagos na data de hoje, US$ 9,6 milhões a serem pagos no fechamento da transação e US$ 21 milhões em pagamentos diferidos. "O referido valor total da venda não contempla o pagamento de ajustes previstos no contrato, devidos até o fechamento da transação", acrescenta a nota.

Localizada próximo ao Porto do Mucuripe, em Fortaleza (Ceará), a refinaria possui capacidade de processamento autorizada de 10,4 mil barris/dia e é uma das líderes nacionais em produção de asfalto. É ainda a única unidade de refino no país a produzir lubrificantes naftênicos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“A venda da LUBNOR é mais um momento importante para gestão de portfólio da Petrobras e para a abertura do mercado de refino no País. Estamos contribuindo para a construção de um mercado mais dinâmico, com mais competição entre os agentes, mais escolhas para os consumidores, mais investidores e mais investimentos”, destaca o ainda presidente da Petrobras, José Mauro Ferreira Coelho, em nota. O executivo teve a demissão anunciada ontem pelo Ministério de Minas e Energia e já tem um sucessor indicado.

Competição

No texto, a empresa diz ainda que "novos agentes passarão a investir nas refinarias adquiridas, o que cria um ciclo virtuoso de desenvolvimento econômico."

“Estamos nos sentindo vitoriosos e felizes por chegarmos nessa fase. Trata-se de um marco significativo para o Brasil, para o Ceará, para o mercado de refino e para a Petrobras. Acreditamos que a LUBNOR será o início de um novo ciclo de oportunidades, em um setor que pretendemos crescer e investir em novas parcerias, respeitando o contexto de ESG que a companhia está inserida, em especial no Ceará”, ressalta Clovis Fernando Greca, sócio administrador do consórcio comprador da Lubnor.

Sujeita ao cumprimento de condições precedentes, tais como a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a operação faz parte do plano de desinvestimento da Petrobras. No Ceará, esses planos desativaram a usina de biodiesel de Quixadá e poços de petróleo marítimos e em terra.

As compradoras

O comunicado da Petrobras informa que a Grecor Investimentos em Participações Societárias Ltda. é uma empresa que atua como veículo de investimento em participações societárias.

Já a Greca Distribuidora de Asfaltos Ltda. é especialista em asfalto no Brasil atuando na produção e comercialização de produtos destinados à pavimentação asfáltica. Faz parte do Grupo Greca Asfaltos que também atua nos mercados de Logística, Shopping Center, Concessão Rodoviária, Produção de Agregados Minerais e Soluções Financeiras.

A Holding GV Participações S.A. é uma empresa de investimento atuando principalmente no mercado de distribuição e produção de ligantes asfálticos e óleos combustíveis através da marca Betunel, uma das maiores e mais tradicionais empresas do setor atuando desde 1967

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar