Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Percentual de 61% de famílias em situação de extrema pobreza refere-se ao CadÚnico

O POVO esclarece que o percentual de 61% de famílias cearenses que vivem em situação de extrema pobreza abordadas na manchete da edição impressa da última segunda-feira, dia 16, refere-se ao universo de pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).
21:48 | Mai. 17, 2022
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O POVO esclarece que o percentual de 61% de famílias cearenses que vivem em situação de extrema pobreza abordadas na manchete da edição impressa da última segunda-feira, dia 16, refere-se ao universo de pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

Embora a informação “Cadastro Único” conste também na manchete, logo acima da chamada, completando assim o entendimento da frase, o título da reportagem “Ceará tem 61% das famílias em situação de extrema pobreza” pode dar abrir margem para uma interpretação ambígua.

As informações e o título na matéria interna (“Ceará tem 61% das famílias inscritas no CadÚnico em situação de extrema pobreza”), no entanto, estão corretas. A reportagem, feita com base em pesquisa do Instituto Mobilidade e Desenvolvimento Social (IMDS), mostra de maneira clara como o Ceará é um dos estados do Nordeste com menor percentual de saída do cadastro (57%), ficando à frente somente de Sergipe (56%), Piauí (55%) e Rio Grande do Norte (55%). São 2,1 milhões de famílias cearenses inscritas, das quais mais de 1,3 milhões recebem o Auxílio Brasil (antigo Bolsa Família).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Ontem, o secretário executivo do Planejamento e Orçamento do Estado (Seplog-CE) , Flávio Ataliba, alertou para uma possível imprecisão na chamada de capa. “Esta informação não está precisa. Infelizmente é um erro metodológico significativo utilizar base de dados de cadastros como informação para esse tipo de cálculo. Em 2019, não temos 61% da população cearense em situação de extrema pobreza e sim 6%”.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar