Participamos do

Confluência de choques eleva risco de recessão da economia global, diz IIF

O Instituto Internacional de Finanças (IIF) vê crescente risco de uma recessão global, em meio a uma confluência de fatores, entre eles a guerra da Rússia na Ucrânia e o processo de normalização monetária de bancos centrais.

Em relatório, a instituição informou que cortou drasticamente a previsão para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) global e, agora, projeta expansão de 2,2% este ano.

O IIF também afirma que reduziu a estimativa para alta da atividade econômica da zona do euro em 2022, de 3% para 1%. O Instituto prevê ainda que o PIB brasileiro avançará 1,3% e o americano crescerá 2,5% este ano.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Segundo a análise, a onda recente de coronavírus na China se provou mais grave do que o esperado. A entidade também avalia que as condições financeiras nos EUA estão se apertando de maneira desordenada, com aumento dos juros de longo prazo comparável ao registrado durante o taper tantrum de 2013.

"A confluência desses choques ameaça provocar uma recessão", destaca o IIF, que afirma que a economia chinesa deve registrar contração no segundo trimestre.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar