Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Sebrae amplia alcance do Selo de Qualidade Empresarial no setor de serviços

A expectativa é de que sejam alcançados entre 250 e 300 negócios com a metodologia de mentorias, avaliações e intervenções dos técnicos

A edição de 2022 do Selo de Qualidade Empresarial do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Ceará (Sebrae), lançado oficialmente nesta quarta-feira, 20 de abril, conta com dois novos setores. A ampliação do programa, que antes se restringia a turismo, eventos e alimentação fora do lar, busca impulsionar a retomada econômica dos segmentos de destaque no setor de Serviços no Estado. 

A expectativa é de que sejam alcançados entre 250 e 300 negócios com a metodologia de mentorias, avaliações e intervenções dos técnicos do Sebrae. O programa busca aliar ações de inovação e sustentabilidade no crescimento coordenado dos negócios no Ceará, com aumento da qualidade do serviço prestado, da competitividade das empresas locais e ainda com aumento da lucratividade dos negócios.

Na edição deste ano, podem participar pequenos empresários e empreendedores relacionados aos setores de Alimentação (restaurantes, serviços de buffet, barracas de praia e bares); Turismo e Eventos (agências de viagens, hotéis, pousadas e organizadoras de eventos); Saúde e Bem-Estar (salões de beleza, academias de musculação e ginástica) e Reparação Automotiva (manutenção de veículos e oficinas de automóveis).

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"São vários segmentos bastante castigados pela pandemia e o selo de qualidade, além de ter esse foco e propósito na melhoria da qualidade do serviço prestado e na operação da empresa, nós inserimos alguns eixos para que o empresário faça uma gestão adequada", reforça Sílvio Moreira, analista de competitividade do Sebrae Ceará e um dos gestores do selo.

Com três níveis de excelência (prata, ouro e diamante) o programa prevê acompanhamento de 6 a 7 meses com capacitação técnica e planos de aperfeiçoamento do modelo de negócios. A partir deste ano, o acompanhamento incluíra módulos de gestão financeira, de pessoas e princípios de desenvolvimento sustentável com foco em inovação tecnologia e diferenciais de mercado. 

"Esse escopo atual vai dar mais capilaridade para o projeto, fazendo com que a gente contribua ainda mais para economia do Ceará, fortalecendo a competitividade dos pequenos negócios", reforça Sílvio ao pontuar uma "grande demanda" de empresários por informações de como participar do projeto. "Estamos até fazendo reuniões específicas com representantes de cada setor para alinhar e apresentar ações que podem beneficiar essas áreas por meio da adesão ao selo", complementa. 

Presente no evento, o empresário José Wahnon, diretor do hotel Laguna Blue, em Aquiraz, comenta que a reformulação do selo será benéfica para todo segmento de serviços. A empresa que ele representa acompanha as ações do selo há cerca de uma década e para 2022 espera que as orientações de Sebrae sejam decisivas para o processo de retomada econômica. 

"Somos nível ouro e é um instrumento que nos permite sempre estarmos atualizados e buscando aperfeiçoar nossos negócios da melhor forma possível. O selo ajuda a ter esse novo olhar para o mercado, com base no que os clientes querem, especialmente porque o negócio não está fácil, os custos estão muito muito altos e nosso cliente não consegue acompanhar esses valores", relata com tom incerto sobre a crescimento do negócio este ano. 

Como as empresas podem conseguir o selo de qualidade empresarial do Sebrae?

O programa é gratuito e a adesão das empresas pode ser feita por meio de inscrição online no site do Sebrae. Além disso, para dúvidas no processo de inscrição, os interessados podem procurar os canais digitais de atendimento do Sebrae ou ainda ligar para central do serviço no número 0800 570 0800. As inscrições ficarão abertas até o último dia deste mês

A seleção dos interessados é feita mediante avaliação do perfil empresarial descrito no ato da inscrição, considerando "critérios reconhecidos mundialmente para excelência de gestão e do serviço. Em um primeiro momento a avaliação é feita por um consultor que aplicará um questionário para avaliar a estrutura e o modelo do negócio", pontua Sílvio. 

Após essa etapa, será solicitado evidências das ações feitas pelos empresários e após um diagnóstico, a equipe de consultores do Sebrae irá elaborar um plano de ação e as empresas terão 90 dias para implementar as mudanças necessárias. "Depois teremos uma segunda avaliação robusta, mas em todo o processo, o Sebrae estará ao lado dos empresários como uma empresa que pode ajudar no desenvolvimento daquele negócio com consultoria, capacitação, orientação ou formalização", finaliza. 

PODCAST VOO 168 BASTIDORES

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar