Participamos do

Petrobras/AGO: Erro nas contas obriga estatal a refazer processo de voto múltiplo

22:37 | Abr. 13, 2022
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Assembleia Geral Ordinária (AGO) da Petrobras foi interrompida por um erro técnico na contagem dos votos da fase principal da votação, da eleição dos oito membros do Conselho de Administração da estatal por voto múltiplo. O resultado, que deveria sair por volta das 20h, já com atraso, agora deve ser divulgado depois das 22h.

De acordo com o diretor Financeiro e de Relações com os Investidores da Petrobras, Rodrigo Araújo, houve um erro no cálculo do quórum da assembleia, que atrapalhou todo o processo. Ele garantiu, no entanto, que o erro não vai atrapalhar o resultado final da eleição.

"O que houve é que esse quórum foi calculado incorretamente em função do número de ADRs que votaram em voto separado, foi duplicado", informou. "Vamos refazer o processo do voto múltiplo para assegurar a lisura do processo, mas o resultado será o mesmo do que após o refazimento", completou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Antes de detectar o erro, a votação mínima para a eleição de um membro para o Conselho de Administração era de 5.031.760.257, já corrigido no início da assembleia, que havia informado que o total seria de 4.746.364.553 votos. Refeitos os cálculos, agora são necessários 5.193.551.148 votos.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
1