Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Inscrições com mais de 200 mil vagas para Censo 2022 do IBGE terminam amanhã, 21

São 183.021 vagas para recenseador e ainda 18.420 de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 de agente censitário municipal (ACM)

As inscrições para concorrer a uma das 200 mil vagas temporárias do Censo Demográfico 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) terminam amanhã, sexta-feira, 21, às 16h. A atuação é para recenseador e agente censitário e são para 5.297 municípios do País.

O interessados podem se inscrever no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), empresa responsável pela seleção. A taxa de inscrição pode ser paga até o dia 16 de fevereiro, cujo valor para recenseador é de R$ 57,50, e de R$ 60,50 para agente censitário. Candidatos de baixa renda inscritos no CadÚnico e doadores de medula óssea podem solicitar isenção.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Vagas para recenseador
Vagas para recenseador (Foto: IBGE)

São 183.021 vagas para recenseador, que atuarão na coleta das informações nos mais de 70 milhões de domicílios do País. O profissional ganha por produção. Para concorrer, os candidatos precisam ter o ensino fundamental completo. Clique aqui para simular a remuneração.

O simulador que estima a remuneração do candidato a recenseador do Censo 2022 utiliza como base de cálculo as características de cada município, os tempos médios de duração das entrevistas e os deslocamentos durante o trabalho de coleta.

Para se ter ideia, para Fortaleza, o recenseador que trabalhar 50 horas por semana, estima-se ganho mensal de R$ 2.389,84, enquanto em São Paulo vai para R$ 3.127,8.

Há ainda 18.420 vagas de agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 de agente censitário municipal (ACM), ambas exigem ensino médio completo. Os salários são de R$ 1.700 e R$ 2.100, respectivamente.

Vagas de agente censitário supervisor (ACS) e de agente censitário municipal (ACM)
Vagas de agente censitário supervisor (ACS) e de agente censitário municipal (ACM) (Foto: IBGE)

O ACM gerencia o trabalho do posto de coleta, enquanto o ACS, subordinado ao ACM, tem como principal função orientar os recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo.

Os postos de agente censitário têm inscrição única. Ao candidato com melhor classificação na prova, será oferecida a vaga de ACM. Os demais terão direito às vagas de ACS, de acordo com a ordem de classificação.

Os candidatos podem se inscrever nos dois processos seletivos, já que as provas dos recenseadores serão realizadas no turno da manhã e a dos agentes censitários à tarde.

O IBGE propõe que os candidatos se inscrevam para áreas próximas das suas residências, assim já estarão ambientados à região de trabalho.

Aplicação das provas

As provas serão aplicadas no dia 10 de abril, em todos os municípios onde houver vagas, e serão presenciais.

As provas para ACM e ACS terão duração de 3 horas e 30 minutos e, para recenseador, duração de 3 horas. Os gabaritos preliminares serão divulgados no dia seguinte a aplicação das provas, no site da FGV. O resultado final está previsto para 20 de maio.

Os candidatos a recenseador serão selecionados por uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. A prova será aplicada na parte da manhã.

Já os candidatos a agente censitário municipal e supervisor farão prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório, no turno da tarde, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Raciocínio Lógico Quantitativo, 5 questões de Ética no Serviço Público, 15 questões de Noções de Administração / Situações Gerenciais e 20 questões de Conhecimentos Técnicos.

Outro processo seletivo do Censo 2022

O IBGE também recebe até o dia 2 de fevereiro inscrições para outro processo seletivo do Censo, com 180 vagas temporárias para agente censitário de pesquisas por telefone e 12 vagas para supervisor censitário de pesquisas e codificação. As oportunidades são para o município do Rio de Janeiro.

As inscrições devem ser feitas no site do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan).

Para a função de agente censitário de pesquisas por telefone, o candidato precisa ter o ensino médio completo e um ano de experiência comprovada em teleatendimento ou telemarketing ativo ou receptivo, nos últimos cinco anos.

O salário é de R$ 998 para uma jornada diária de 4h30min, totalizando 27 horas semanais, divididas em três turnos, incluindo finais de semana e feriados. A taxa de inscrição é R$ 20.

Já para concorrer às vagas de supervisor censitário de pesquisas e codificação, o candidato deverá ter concluído o ensino superior em qualquer área.

A taxa de inscrição é de R$ 41 e o salário de R$ 4.200 para jornada 40 horas semanais, que pode incluir finais de semana e feriados, sendo oito horas diárias, num expediente das 8h às 21h30, a critério da gerência.

As provas, com 60 questões de múltipla escolha, serão aplicadas no dia 20 de março, no município do Rio de Janeiro. O conteúdo consta no edital.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar