Participamos do

Pecém fecha 2021 com movimentação recorde de 22,4 milhões de toneladas de cargas

Ao todo foram transportadas 22,4 milhões de toneladas de cargas pelo porto cearense. Alta de 40,7%, em relação a 2020
18:55 | Jan. 05, 2022
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Porto do Pecém movimentou, em 2021, 22.417.077 toneladas de cargas. Foi o maior volume anual  transportado em quase 20 anos de operação do porto e um recorde absoluto para o setor no Estado. Crescimento de 40,7% ante o resultado de 2020, quando foram movimentadas 15,9 milhões de toneladas.

Durante o ano passado, os desembarques de mercadorias no Porto do Pecém cresceram 43% ante 2020, atingindo a marca de 15.157.188 t. Além disso, os embarques também registraram um aumento, de 36%, e alcançaram o patamar de 7.259.889 t, o que significa que mais cargas foram exportadas do Ceará para o mundo através dos navios que atracaram no terminal portuário do Estado.

“É extremamente gratificante iniciarmos um novo ano anunciando o melhor resultado da história do terminal portuário do Pecém. Fechamos a movimentação de 2021 com 22,4 milhões de toneladas, um resultado inédito que nos faz começar 2022 da melhor maneira possível, pois é o ano que marca os 20 anos de operação do Porto do Pecém”, celebra Danilo Serpa, presidente do Complexo do Pecém.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Não à toa, a quantidade de embarcações que passaram pelos berços do Porto do Pecém saltou de 648, em 2020, para 811, em 2021. Essa já é, inclusive, a maior movimentação anual de navios na história do terminal portuário do Pecém.

 

Entre as cargas movimentadas no Porto do Pecém ao longo de 2021, o maior destaque foi o granel sólido, em especial combustíveis minerais e minérios. A carga conteinerizada também teve participação importante no acumulado do ano, com destaque para cereais, sal e frutas.

Veja o que mais cresceu:

44% – Granel sólido, com 9.827.740 toneladas movimentadas
24% – Contêineres, com 5.389.230 toneladas movimentadas
17% – Carga solta, com 3.847.852 toneladas movimentadas
15% – Granel líquido, com 3.352.255 toneladas movimentadas

O Pecém é um terminal multicargas por movimentar granéis sólidos, granéis líquidos, contêineres e cargas em geral nos 10 berços que possui. Esse elo, inclusive, na cadeia logística do transporte marítimo, é considerado um Hub Portuário – hoje conectado por sete linhas de cabotagem e três de longo curso.

Na navegação de cabotagem (Pecém para outros portos do Brasil), o terminal portuário cearense totalizou 12.173.305 toneladas movimentadas em 2021, um aumento de 35% ante o ano anterior. Nos desembarques, os principais produtos movimentados foram: minérios (4.400.451 t); combustíveis minerais (571.415 t); ferro fundido (530.858 t); e cereais (518.461 t). Já nos embarques, os destaques ficaram por conta de combustíveis minerais (1.444.582 t); ferro fundido (741.526 t); sal (570.939 t); e produtos da indústria de moagem (196.045 t).

A navegação de longo curso (Pecém para outros portos do mundo), por sua vez, totalizou 10.243.772 toneladas movimentadas no ano, alta de 48% ante 2020. Nos desembarques, os principais produtos foram: combustíveis minerais (6.302.715 t); ferro fundido (678.117 t); e minérios (185.371 t). Nos embarques de longo curso, os destaques foram verificados nas movimentações de ferro fundido (2.021.680 t); frutas (306.868 t); e combustíveis minerais (146.330 t).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags