Participamos do

Gastão reclama de "perseguição política" na CNC e parte para o ataque contra Filizola

Nesta segunda-feira, 13, Luiz Gastão realizou coletiva de imprensa para explicar sobre penalidade aplicada pela CNC
16:11 | Dez. 13, 2021
Autor Samuel Pimentel
Foto do autor
Samuel Pimentel Jornalista no OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Ceará (Sistema Fecomércio Ceará), Luiz Gastão Bittencourt, negou nesta segunda-feira, 13, irregularidades no caso que levou à suspensão dele por 180 dias da vice-presidência administrativa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Em coletiva de imprensa, ele explicou que a decisão do CNC diz respeito a eleição da Fecomércio-DF em que o suspende pela "aparência" de prática antissindical, por ele estar presente no dia da eleição da gestão da instituição supostamente representando a CNC. O que Gastão admite ter acompanhado a votação na condição de "observador", mas nega ter estado no local representando o presidente da CNC, José Roberto Tadros. Ele ainda diz que no processo administrativo não há provas do ocorrido. Por isso, ele reclama de perseguição política, pois é crítico de posturas políticas da CNC.

"Quem acusa de prática antissindical deveria dizer qual foi essa prática e provar. No processo não há sequer uma prova de prática antissindical. A única coisa que eles dizem ser prova é que eu estaria lá me colocando como representante do Tadros sem ter sido indicado por ele para representá-lo. Só que não há uma só prova que comprove eu ter ido ao Distrito Federal e ter afirmado em algum momento estar representando o presidente Tadros", afirma.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Disputa local

Sobre a eleição da Fecomercio-CE, Gastão colocou seu nome mais uma vez à disposição e disse ter apoio da maioria dos sindicatos, 30 de 34 do total. No começo de 2022 ocorre as eleições dos sindicatos. Após as escolhas dos líderes setoriais, no início do segundo trimestre ocorre a escolha do presidente da Fecomercio-CE.

Na coletiva, Gastão aproveitou para atacar o virtual concorrente, que está rompido com ele desde junho, quando o agora ex-presidente lançou carta aberta em que cita mudança no organograma, demissões e briga com a CNC como insatisfações. Disse que havia má gestão durante o mandato do Filizola. Disse ainda que convocou a coletiva para "esclarecer fatos" e não passar uma narrativa. E sugeriu que Filizola deveria fazer o mesmo. No fim, ainda se colocou à disposição para realizar um debate sobre a gestão do Sistema Fecomércio com o agora rival.

O POVO entrou em contato com Maurício Filizola, que informou que publicará uma nota oficial comentando sobre as declarações de Gastão. Ele adiantou que as palavras não passam de incitações políticas.

Na nota, divulgada às 20h30min, Filizola rebate as acusações. "O que o sr. Luiz Gastão vem tentando, desesperadamente, é rebaixar a minha imagem para tentar me nivelar ao conceito público que os cearenses têm a respeito dele, seja como empresário do setor de administração de presídios, seja como dirigente da Fecomércio-CE. Não tenho nenhuma condenação por minha atuação na Fecomércio e, com certeza, não terei."

"Reafirmo que tenho a consciência tranquila de que não pratiquei nenhum ato ilegal ou contrário aos interesses do Sistema Fecomércio. Desde que se viu ameaçado de perder o poder absoluto da Fecomércio CE, simplesmente por eu não ter apoiado a conduta dele de enfrentamento à CNC, vem se utilizando dos mais absurdos subterfúgios para criar uma narrativa mentirosa sobre os três anos em que ocupei interinamente a presidência da Fecomércio", destaca.

Sem cisão

Sobre a eleição da CNC, que ocorre no segundo semestre, Gastão declara apoio à reeleição de Tadros, apesar de divergência política. Ele destaca ainda que, após a suspensão de 180 dias, deve retomar seu cargo na vice-presidência administrativa. Mas, após a eleição, não deve continuar na mesma função.

(Atualizado às 20h40min)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags