Participamos do

Petrobras prorroga prazo de inscrição para seleção de startups

Ao todo serão investidos R$ 12,9 milhões no programa. O edital prevê 12 desafios para aplicação de robótica, novos materiais e tecnologias digitais nas áreas de óleo e gás, corporativa e de saúde e segurança
17:34 | Nov. 26, 2021
Autor Laura Beatriz
Foto do autor
Laura Beatriz Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Petrobras prorrogou até o dia 12 de dezembro o prazo de inscrições ao primeiro edital baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL). Antes, ia até o dia 28 deste mês. O edital piloto visa a seleção e contratação de soluções inovadoras de acordo com o novo ambiente regulatório criado pela lei complementar 182/21, que entrou em vigor em agosto deste ano. Ao todo serão investidos R$ 12,9 milhões no programa

Os selecionados poderão receber até R$ 1,6 milhão por proposta, a depender do desafio, para desenvolvimento e testes das soluções em ambientes produtivos. É o maior valor de investimento por proposta já utilizado pela companhia, alcançando o limite estabelecido pelo novo marco.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Sobre o edital

O edital prevê 12 desafios para aplicação de robótica, novos materiais e tecnologias digitais nas áreas de óleo e gás, corporativa e de saúde e segurança, totalizando até R$ 12,9 milhões em investimentos.

A seleção faz parte do Módulo Teste de Soluções do programa Petrobras Conexões para Inovação, que tem como foco acelerar a implantação de inovações, com ou sem risco tecnológico, que tenham alto potencial de geração de valor para o setor de óleo, gás e energia.

A busca é por soluções inovadoras de startups e demais empresas, já validadas ou em validação no mercado, para realização de testes em ambiente produtivo. Após a homologação do resultado do edital e a seleção das melhores propostas para cada desafio divulgado, a Petrobras poderá celebrar um Contrato Público para Solução Inovadora (CPSI) com as proponentes selecionadas, com vigência de até 12 meses, prorrogável por outros 12 meses para validação das soluções tecnológicas.

Além disso, o marco permite que, após o contrato de inovação, a solução com melhor desempenho seja contratada por um período de dois anos, prorrogáveis por mais dois anos, para fornecimento em escala. Essas duas fases em conjunto agilizarão a implantação das soluções na companhia e a consolidação desses fornecedores no mercado.

Serviço

As regras do novo marco legal já estão incorporadas ao Regulamento de Licitações e Contratações da Petrobras (RLCP), disponível no Canal Fornecedor.

Mais informações sobre o edital podem ser obtidas no portal de tecnologia da Petrobras: https://petrobr.as/editalsolucoes.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags