Participamos do

Casa Branca: governo observa preços de energia e avalia ferramentas disponíveis

17:03 | Nov. 09, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A vice porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, afirmou nesta terça-feira, 9, que o governo observa de perto o impacto da alta de energia, e que avalia todas as ferramentas disponíveis. Em coletiva de imprensa, questionada sobre a possibilidade do país liberar as reservas especiais de petróleo para tentar amenizar os preços, indicou que não há nada ainda para ser anunciado. Por sua vez, reforçou os pedidos para que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) aumente a produção, o que até o momento não vem surtindo efeito.

"Entendemos a frustração dos americanos com preços mais altos", afirmou a porta-voz, e indicou que "estamos investindo em portos para tentar diminuir os problemas com as cadeias de fornecimento". Jean-Pierre defendeu os programas de infraestrutura da administração, e indicou que "economistas confirmaram que os projetos vão desacelerar a inflação e ajudar no longo prazo". Segundo ela, bilhões de dólares serão destinados para melhores infraestruturas, com empregos bem pagos sendo criados, e os preços para a população caindo.

Sobre as disputas judiciais que envolvem as exigências de vacinação nas empresas do país, respondeu que o governo está "confiante de que vai conseguir proteger os trabalhadores, já que o vírus segue matando muitas pessoas". "Continuamos defendendo que as políticas prossigam", uma vez que vem sendo bem-sucedidas, afirmou, e disse que parte dos republicanos tem sido obstáculo para que a economia seja recuperada e vidas sejam salvas.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags