Participamos do

Aliado de Ciro no Ceará, deputado muda posição e anuncia voto contra PEC

14:58 | Nov. 09, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Presidente do PDT no Ceará e aliado próximo do ex-ministro Ciro Gomes, o deputado federal André Figueiredo anunciou que resolveu mudar o posicionamento e votar contra a PEC dos Precatórios, que será apreciada em segundo turno na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, 9.

"Sou um homem de diálogo e por isso estou na política. Tenho convicção das minhas escolhas. E minhas ações são pautadas na luta do povo brasileiro. Mas sou também um homem de partido, por isso, seguirei a orientação da bancada e votarei contrário à PEC 23", disse Figueiredo em publicação hoje no Twitter.

A decisão do parlamentar vem após reunião na noite de segunda-feira entre deputados do PDT que votaram a favor da PEC, na qual decidiram mudar de posição e votar contra a proposta. Na primeira votação, 15 dos 24 representantes da sigla foram a favor do texto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O apoio massivo do partido à matéria levou Ciro Gomes a suspender a candidatura à Presidência da República pelo partido, enquanto a sigla não mudasse a posição sobre a proposta. O presidente nacional do partido, Carlos Lupi, declarou que os votos favoráveis "maculam" a imagem do partido como oposição e trabalhou para reverter a posição.

No primeiro turno, Figueiredo e outros três pedetistas da bancada do Ceará - formada por cinco deputados - foram favoráveis ao texto. O episódio acentuou a crise envolvendo o partido e Ciro e expôs a fragilidade na liderança política do ex-ministro, que não conseguiu evitar votos a favor da PEC nem mesmo dentro do seu reduto eleitoral, o Ceará, estado que governou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags