Participamos do

GM tem acordo de layoff aprovado em São José dos Campos

17:03 | Out. 29, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Trabalhadores da General Motors (GM) em São José dos Campos, no interior paulista, aprovaram nesta sexta-feira, 29, em assembleia um acordo de estabilidade de emprego para o período em que a produção de automóveis da fábrica será reduzida de dois para um turno em razão da falta de componentes eletrônicos.

Segundo o sindicato dos metalúrgicos da região, 700 operários terão contratos suspensos, o chamado layoff, a partir de 8 de novembro, mas o acordo prevê estabilidade de emprego a todos os 3,8 mil funcionários da unidade, onde, além da picape S10 e o utilitário esportivo Trailblazer, são produzidos motores e transmissões.

Durante o layoff, a montadora também vai complementar os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) para garantir 100% do salário líquido dos trabalhadores suspensos temporariamente, informa o sindicato.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O layoff em São José dos Campos vai durar entre dois e cinco meses, podendo ser renovado por mais cinco meses se persistir o quadro de falta de peças que vem interrompendo a produção das montadoras.

Em nota, a GM diz que o acordo negociado com o sindicato tem como objetivo proteger empregos e a sustentabilidade do negócio.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags