PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Morre Mario Lima Júnior, ex-presidente da ZPE Ceará

Ele era engenheiro mecânico e pós-graduado em Segurança do Trabalho e participou da evolução do Complexo Industrial e Portuário do Pecém desde o início, em 1995

Beatriz Cavalcante
14:08 | 28/07/2021
Mario Lima Júnior, ex-presidente ZPE-CE (Foto: Mauri Melo)
Mario Lima Júnior, ex-presidente ZPE-CE (Foto: Mauri Melo)

Mario Lima Júnior, ex-presidente da Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE), faleceu nesta quarta-feira, 28, aos 71 anos. A causa da morte ainda não foi divulgada.

Ele era engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e pós-graduado em Segurança do Trabalho e participou da evolução do Complexo Industrial e Portuário do Pecém desde o início, em 1995, ainda quando o projeto era apenas um desenho. Ele foi presidente da ZPE-CE desde agosto de 2015 e foi exonerado em janeiro deste ano.

Em nota de pesar, a família agradece todas as mensagens de conforto recebidas: "Sabemos que Mario era uma pessoa muito querida por todos pelo seu carinho, profissionalismo, amizade e alegria. Para sempre o teremos em nossa memória e coração com muita gratidão e saudade, porque deixou rastros em nossos corações".

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), manifestou-se sobre o falecimento de Mario Lima e desejou sentimentos aos familiares e amigos, em publicação nas redes sociais. "O engenheiro também ocupou os cargos de secretário-adjunto do Desenvolvimento Econômico, diretor do Porto do Mucuripe, secretário-executivo da Secretaria dos Portos e presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae-CE", relembrou. 

Em nota ao O POVO, Ricardo Cavalcante diz: "em nome da Diretoria da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), prestamos solidariedade aos familiares e amigos de Mário Lima Júnior, neste momento de luto e dor. O executivo teve papel de liderança na implementação do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp) e, graças aos seus esforços, o desenvolvimento Industrial e econômico do Estado do Ceará alcançou novos patamares. Sua atuação e liderança serão sempre lembrados com muito respeito pelo setor industrial cearense".

Dentre as suas atuações, Mario também esteve como diretor Comercial do Porto do Pecém; presidente do Conselho de Administração da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Porto de Santos); e secretário-Executivo da Secretaria de Portos da Presidência da República.

"Neste momento de dor, toda a diretoria do Complexo do Pecém se solidariza com seus familiares e expressa as mais sinceras condolências pela perda do profissional que tanto contribuiu com a história da ZPE Ceará", complementa nota do Complexo do Pecém em homenagem a Mario Lima.

Mário Jorge Cavalcanti, diretor Comercial da Companhia Docas do Ceará também falou sobre a trajetória do engenheiro: “Recebemos a notícia do falecimento de Mário Lima Júnior com enorme tristeza. Ele, que foi um grande técnico na Companhia Docas do Ceará, entre os anos de 1975 e 2021, trabalhou como engenheiro mecânico, chefe da Divisão de Manutenção, coordenador adjunto Comercial e diretor de Infraestrutura e Gestão Portuária. Em anos distintos, foi cedido pela CDC e deixou também um legado na Secretaria de Portos, na Ceará Portos e na ZPE-CE. Nas últimas instituições, ocupou brilhantemente os cargos de secretário executivo, diretor Comercial e diretor-presidente, respectivamente. Sua partida precoce deixa uma grande lacuna no setor portuário e na área de comércio exterior.”

A Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) também se solidarizou com a família e destacou a atuação de Mario Lima Júnior como "fundamental para o desenvolvimento da região do Pecém" e a "relevância na implantação da ZPE Ceará".

 

TAGS