PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Powell: mais progresso significativo é preciso antes de reduzir compras de ativos

12:58 | 14/07/2021

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), Jerome Powell, avalia que mais progresso é necessário antes que a instituição comece a reduzir suas compras mensais de US$ 120 bilhões em ativos, segundo texto de discurso introdutório que ele fará a partir das 13h (de Brasília), durante depoimento na Câmara dos Representantes.

Segundo Powell, o Fed vai continuar ampliando seu estoques de títulos do Tesouro americano e de papéis atrelados a hipotecas "pelo menos no ritmo atual até que substancial progresso adicional seja feito em direção às nossas metas de pleno emprego e de estabilidade de preços". Powell ressaltou que o Fed avisará "com antecedência" antes de implementar ajustes nas compras de ativos.

Ainda no discurso, Powell se mostrou otimista em relação à perspectiva econômica, destacando que o Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA se encaminha para registrar neste ano o maior crescimento em décadas, e aponta que as condições do mercado de trabalho seguem melhorando, embora "haja um longo caminho" a percorrer e a taxa de desemprego segue elevada, em 5,9%.

Powell disse também ser apropriado que o Fed mantenha os juros próximos de zero até que os objetivos de inflação e preços sejam atingidos.

Sobre inflação, Powell reiterou que os preços vêm subindo de forma marcante nos EUA e devem continuar elevados nos próximos meses, mas reiterou que o salto é temporário e se deve a efeitos de base. Ele previu que o ritmo de alta dos preços em setores afetados por escassez de suprimentos irá moderar.

Os comentários de Powell vêm após as últimas leituras do índice de preços ao consumidor (CPI) e do índice de preços ao produtor (PPI) dos EUA virem bem acima das expectativas.

TAGS