Participamos do

107 mil alunos do ensino fundamental da rede pública do Ceará receberão aulas de empreendedorismo

Ação beneficiará 74.602 estudantes de Fortaleza ainda este ano e prevê também a capacitação de 1.027 professores e 278 coordenadores pedagógicos
11:04 | Jun. 28, 2021
Autor Alan Magno
Foto do autor
Alan Magno Estagiário de jornalismo
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Escolas da rede pública de Fortaleza e do Estado passarão a contar com aulas e atividades pedagógicas sobre empreendedorismo do 1º ao 9º ano do ensino fundamental. Espera-se que 107 mil alunos sejam beneficiados com as formações.

LEIA MAIS | Fortaleza e Sebrae lançam programa de qualificação profissional para 30 mil empreendedores

A medida faz parte de parceria da Prefeitura da Capital e o Governo estadual com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Ceará (Sebrae-CE), para implementação ainda em 2021 da metodologia Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP). 

O anúncio da adesão do projeto foi feito na manhã desta segunda-feira, 28, e iniciará em Fortaleza com meta de atender 74.602 novos alunos até o fim de 2021, se somado com aqueles que já possuem atividades educacionais de empreendedorismo, até o fim deste anos, serão 90 mil estudantes recebendo formação em empreendedorismo, inovação e educação financeira. Neste momento, as atividades são restritas às escolas de tempo integral

Além dos alunos, 1.027 educadores serão preparados para ministrar os conteúdos propostos pelo Sebrae em parceria com as secretarias de Educação do Estado e dos municípios. Programa prevê ainda ações de formação com 278 coordenadores pedagógicos, como forma de consolidar a implementação das atividades de empreendedorismo no ambiente escolar no Estado. 

"E isso não é apenas para criação de empresas, mas sim para formação de cidadãos. A discussão que será feita no ambiente é para desenvolver habilidades, as pessoas vão sair e poder exercer qualquer papel na sociedade de forma mais proativa", conforme define Alci Porto, diretor técnico do Sebrae-CE. 

O representante pontua ainda que o projeto representa uma ação de investimento para futuro, construindo uma nova cultura pautada por princípios de cooperação, inovação e em soluções criativas para problemas já existentes, indo além da criação de negócios. "O projeto de empreendedorismo jovem do Sebrae vai além dos limites da sala de aula e busca estimular o uso da criatividade e do trabalho em equipe e assim construir projetos de vida", conforme detalha ação de divulgação da iniciativa. 

Alci detalha ainda que a implementação das atividades de empreendedorismo resultarão em uma transformação para os caminhos de desenvolvimento do Estado, aumentando a competitividade de empreendidos cearenses no futuro, além de reduzir a taxa de mortalidade de empresas no Ceará, estimulando o desenvolvimento do ecossistema estadual de inovação e negócios. 


Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags