PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Na Espanha, voos diretos do Brasil e África do Sul estarão restritos até 6 de julho

A medida vale também para os visitantes que comprovem vacinação ou teste negativo para o novo coronavírus

16:33 | 17/06/2021
Fronteira entre Espanha e Portugal (Foto: AFP)
Fronteira entre Espanha e Portugal (Foto: AFP)

A Espanha estendeu a proibição de visitantes chegados do Brasil e da África do Sul até o dia 6 de julho. Até a chegada desta data, a Espanha permitirá a entrada apenas de cidadãos espanhóis ou andorranos vindos de voos diretos destes países.

A situação do Brasil seria reavaliada pela Espanha no dia 22 de junho, mas o governo local antecipou a medida. Na luta contra a propagação da Covid-19, a restrição se aplica mesmo para aqueles que comprovem a vacinação ou teste negativo para o vírus.

Assim como os sul-africanos, os brasileiros ainda estão classificados como regiões de "sério risco epidemiológico", por conta das variantes dos vírus que circulam nesses países.

A regulamentação segue até os espanhóis acompanharem a evolução do quadro pandêmico do Brasil e África do Sul. Os visitantes estrangeiros dos dois territórios terão que esperar cerca de duas semanas para a reavaliação da possibilidade de entrada nas fronteiras espanholas.