PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Grupo francês inicia estudo para instalar planta de hidrogênio verde no Ceará

A Qair Brasil, subsidiária da francesa Qair Internacional, iniciou estudos de viabilidade técnica e econômica para implantação de uma planta de produção de hidrogênio verde no Ceará

Beatriz Cavalcante
11:23 | 31/05/2021
ZPE (Foto: Deivyson Teixeira em 25/6/2014)
ZPE (Foto: Deivyson Teixeira em 25/6/2014)

Denominado Planta de Hidrogênio Verde Liberdade, a Qair Brasil planeja instalar o projeto na Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE) do Complexo do Pecém, com implantação em quatro fases.

LEIA MAIS | Qair Brasil prevê conclusão de novo complexo eólico em Trairi até dezembro 

Para isso, a subsidiária da francesa Qair Internacional iniciou estudos preliminares em conjunto com a Comissão Estratégica do Porto, e com apoio do Governo do Estado, e recebeu indicação positiva para avançar no detalhamento dos projetos técnicos, a partir da indicação de áreas em potencial para receber a sua planta.

A empresa tem experiência de mais de 400 mega watts (MW) em plantas de eletrólise de água implantadas na Europa e colocou o hidrogênio verde em sua visão estratégica de futuro. Com metas de médio e longo prazo, cita o Brasil, principalmente o Nordeste, como um potencial destino de seus investimentos neste segmento, incluindo Pernambuco também.

"Agradeço o espírito de parceria que o Governo do Estado do Ceará e o Porto do Pecém vem pactuando com nossa Companhia. Hoje ultrapassamos uma etapa importante no processo que poderá viabilizar uma planta de hidrogênio verde da Qair no Ceará. Fortalecendo ainda mais nossa presença e nosso compromisso com o desenvolvimento econômico do estado", diz Jorge Borrell, CEO da Qair Brasil.

Para ele, as condições reunidas no projeto do Hub de Hidrogênio Verde do Governo do Estado oferecem um acolhimento adequado ao projeto. "Foram decisivas na nossa decisão de avançar no seu detalhamento.”

Sobre o Nordeste, Jorge Borrell diz que a região também oferece condições diferenciadas que alicerçam a cadeia produtiva de Hidrogênio Verde. "Temos extensão territorial e condições climáticas que permitem a construção de grandes plantas geradoras de energias renováveis, com elevada capacidade de produção; temos água, temos uma estrutura portuária já implantada e adequada para o escoamento da produção de hidrogênio. Não tenho dúvida no potencial da região, que tem tudo para se tornar um dos mais importantes players mundiais do setor.”

Projetos 

Como marco inicial do que a empresa chama de visão de futuro, desde 2019, a Qair, em parceria com a Agência Regional de Energia e Clima do Governo Frances (Arec), desenvolve uma planta de produção de hidrogênio verde de grande capacidade em Port la Nouvelle, região da Occitania, na França.

“Este projeto é o início da nossa jornada rumo a um mundo mais descarbonizado. Com entrada em operação prevista para 2023, a planta tem capacidade de produzir, aproximadamente, 5,5 mil toneladas de H2 por ano, evitando, assim, a emissão de mais de 870 mil toneladas de CO2 na atmosfera.”, finaliza Jorge Borrell.

A empresa

A Qair é a subsidiária brasileira do grupo Qair Internacional, de origem francesa, com operações em 16 países e 30 anos de atuação no mercado de energias renováveis.

Empreende no Brasil desde o início de 2018, inicialmente com o nome Quadran Brasil, e possui sede administrativa em Fortaleza, desenvolvendo vários empreendimentos em diferentes estados da região Nordeste. 

A carteira de projetos conta mais de 6 GW de projetos de fontes renováveis, dentre os quais 210,6MW já se encontram em operação comercial e outros 382,4 MW em construção. O que representará, em pouco mais de três anos, investimentos na ordem de R$ 2,7 bilhões.

Além disso, a Qair desenvolve projetos de responsabilidade socioambiental junto às comunidades onde mantém seus empreendimentos.