PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Camilo vai criar Secretaria de Modernização e Inovação para o pós-pandemia

A pasta que vai ser criada pelo Governo Camilo, e que estará ligada à Casa Civil, terá como titular o economista Célio Fernando Bezerra Melo.

Irna Cavalcante
11:17 | 29/04/2021
A nova pasta será ocupada pelo economista Célio Fernando (Foto: Barbara Moira)
A nova pasta será ocupada pelo economista Célio Fernando (Foto: Barbara Moira)

O Governo do Ceará vai criar a Secretaria Executiva de Modernização e Inovação para a Pós Pandemia para acelerar esforços para retomada da economia no Estado. À frente da pasta, que será ligada à Casa Civil, ficará o economista Célio Fernando Bezerra de Melo. Em entrevista à rádio O POVO CBN, Célio explicou que o objetivo do novo cargo é planejar, articular e integrar as ações que estão sendo tocadas pelas diferentes secretarias do Estado para trazer maior modernização e eficiência para a máquina pública.

“Estamos em um momento de muita crise, o desemprego está aumentando, a fome tem aumentado, tem muita coisa. É um momento que eu tenho colocado que juntos podemos vencer. No pós-pandemia, você não chega no outro dia e faz as coisas. Principalmente dentro de um Estado, que tem saúde, tem educação, segurança pública e que são, digamos assim, dentro de um outro estágio. Estamos indo para dentro de um Estado mais 4.0.”

LEIA MAIS | O desafio de trazer de volta as medidas de socorro para economia

Ele reforça que a pasta não vai se sobrepor ao trabalho que já vem sendo tocado pelas secretarias. Atuaria mais como uma espécie de assistência técnica aos projetos e articulação das ações transversais do Estado. “Tem vários projetos importantes sendo tocados no Governo. Vamos consolidar essa agenda e apresentar ao Governo. Algumas coisas podem ser mais prioritárias ou não.”

LEIA MAIS | Ceará Credi começa com taxa zero em 2021, orientação financeira e bônus de adimplência

Dentre as iniciativas que já estão em curso e que podem ajudar a impulsionar a retomada da economia ele citou as ações de simplificação e desburocratização na atração e promoção de investimentos que vem sendo tocados no âmbito da Secretaria de desenvolvimento e Trabalho (Sedet), a digitalização de processos na Secretaria de Planejamento (Seplag) e os Distritos de Inovação na área da Saúde, tocado pela Secretaria da Saúde. 

"São agendas corretas. No caso do Distrito de Inovação de Saúde, do secretário Cabeto, não é nenhuma novidade, mas diante da pandemia teve aí um colapso muito grande na saúde, uma situação muito difícil com a crise que a gente ainda está vivendo. E como tocar um projeto desse de médio e longo prazo? Então, provavelmente, a Casa Civil vai estar articulando junto com o governador para ver quais são as prioridades e o que é necessário para dar celeridade."

Este é o primeiro cargo executivo de Célio Fernando no Governo do Estado. Mas, já havia participado antes, de forma voluntária, de projetos como o Ceará 2050, das discussões sobre a reforma previdenciária e da organização da holding de ativos do Estado.