PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Conta de luz do Ceará fica 8,95% mais cara

O reajuste foi anunciado nesta quinta-feira, 22, em live nas redes sociais da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)

Samuel Pimentel
12:59 | 22/04/2021
Os reajustes tarifários recompõem os custos que as concessionárias tiveram no ano anterior. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Os reajustes tarifários recompõem os custos que as concessionárias tiveram no ano anterior. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A conta de luz do consumidor cearense fica em média 8,95% mais cara a partir desta quinta-feira, 22. Em 2020 o reajuste médio aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no Estado foi de 3,94%. 

O colegiado da diretoria da Aneel decidiu por unanimidade que o consumidor de baixa tensão (rural, residencial e comercial) terá reajuste de 8,54% no valor da tarifa, enquanto o reajuste para os consumidores de alta tensão (industriais) ficou em 10,21%. O subgrupo B1 (residencial e residencial baixa renda) teve alta de 7,55%, assim, o cearense que paga em média uma conta de energia de R$ 100 passará a pagar R$ 107,55.

Os novos valores devem entrar em vigor a partir deste dia 22, e, por isso, devem ser confirmados no Diário Oficial ainda nesta quinta-feira.

Resumo dos reajustes para as tarifas de energia elétrica do Ceará em 2021:

  • Média geral: 8,95%
  • Reajuste para consumidores de baixa tensão: 8,54%
  • Reajuste para consumidores de baixa tensão: 10,21%
  • Reajuste para os consumidores de baixa tensão do subgrupo B1, como baixa renda: 7,55%