PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Grupo Boticário confirma negociação para compra de cearense Casa Magalhães

Negócio deve consolidar estratégia do gigante do segmento de beleza de investir mais em inovação tecnológica

16:31 | 19/04/2021
Grupo Boticário tem mais de 4 mil pontos de vendas próprio e atua em 15 países, além do Brasil (Foto: Divulgação)
Grupo Boticário tem mais de 4 mil pontos de vendas próprio e atua em 15 países, além do Brasil (Foto: Divulgação)

O Grupo Boticário confirmou negociação para aquisição da cearense Casa Magalhães, que produz soluções em tecnologia para o varejo. Não há, contudo, informações de nenhuma das partes envolvidas sobre os valores envolvidos no processo. 

Em nota, a empresa paranaense afirma ter feito "mais um importante investimento com a aquisição da Casa Magalhães, empresa brasileira de tecnologia com mais de 50 anos de atuação em práticas de automação comercial. Esse é mais um movimento do Grupo Boticário, sempre com foco na melhor experiência na jornada de compra de seus consumidores e parceiros de negócio". 

Uma vez concluída a negociação com a Casa Magalhães, o Grupo Boticário deve consolidar sua estratégia de investir cada vez mais em inovação tecnológica para as marcas que o compõem, tais como Boticário, Eudora, Quem disse, Berenice? e The Beauty Box, além da Beleza na Web, focada em comércio eletrônico.

Em termos operacionais, o gigante do segmento de beleza conta com nada menos que 4 mil pontos de vendas próprios, 12 mil colaboradores, produção anual de mais de 350 milhões de itens e atuação em 15 países (além do Brasil). 



A Casa Magalhães foi fundada em 1966, inicialmente trabalhando com revenda e manutenção técnica de equipamentos de automação. Posteriormente, passou a desenvolver produtos como sistemas de gestão, frete de loja para varejo e para food service, tendo como principais clientes supermercados, padarias, lojas e restaurantes. Em 2004, inaugurou uma filial em São Paulo. Atualmente, conta com mais de 18 mil clientes distribuídos por todos o estados do Brasil.