PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Na média, intermitente recebe mais que 1 salário mínimo, diz secretário

14:43 | 30/03/2021

O secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo, disse nesta terça-feira que, a despeito dos questionamentos jurídicos à modalidade de trabalho intermitente, os trabalhadores nessa categoria recebem em média mais que o um salário mínimo por mês.

"O trabalhador intermitente trabalha em média 22 horas por semana, e recebe por hora quase o dobro, cerca de 88% a mais que o trabalhador trabalha 40 horas por semana que ganha um salário mínimo. Ou seja, o intermitente trabalha a metade do tempo e ganha o mesmo de quem recebe o mínimo", completou ele.

De acordo com Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o saldo líquido do trabalho intermitente nos dois primeiros meses de 2021 é positivo em 8.092 vagas, com 35.535 admissões e 27.453 demissões. Desse total, 466 trabalhadores têm mais de uma admissão.

Os dados mostram ainda que 7.911 estabelecimentos utilizaram essa modalidade de contratação neste ano.