PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Ceará gera emprego pelo oitavo mês seguido; saldo de 12.343 vagas em fevereiro

Foram 43.218 admissões e 30.875 demissões no período. Os dados dizem respeito aos empregos com carteira assinada

Beatriz Cavalcante
12:01 | 30/03/2021
Os dados dizem respeito aos empregos com carteira assinada
 (Foto: Barbara Moira)
Os dados dizem respeito aos empregos com carteira assinada (Foto: Barbara Moira)

O Ceará chega em fevereiro ao oitavo mês seguido de geração de empregos com carteira assinada na pandemia, com saldo de 12.343 vagas na série com ajustes. O último resultado negativo foi em junho do ano passado, quando perdeu 2.733 postos de trabalho. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta terça-feira, 30, pelo Ministério da Economia e dizem respeito às contratações com carteira assinada.

Conforme os dados, foram 43.218 admissões e 30.875 demissões para o período no Estado, que é o nono do País em geração de empregos, dentre as 27 unidades da federação. O saldo cearense ficou acima até do resultado de toda a região Norte, que gerou 12.337 postos de trabalho em fevereiro.

LEIA TAMBÉM | Brasil mostra saldo de emprego formal positivo em 401.639 vagas em fevereiro

Os dados positivos se repetiram no acumulado do ano, que considera janeiro e fevereiro, com 20.211 empregos gerados no Ceará, e também nos últimos 12 meses (março de 2020 a fevereiro de 2021), com saldo de 26.665 postos de trabalho.

LEIA TAMBÉM | Fortaleza é o quarto município que mais gera empregos no País