PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Custos da construção civil desaceleram no Ceará, mas têm alta de 0,8% em fevereiro

De acordo com os dados do Índice da Construção Civil (Sinapi), nos últimos 12 meses, porém, o acumulado é de alta de 12,28%

Samuel Pimentel
11:59 | 11/03/2021
Peso sobre os custos da construção civil tiveram leve desaceleração em fevereiro. (Foto: CNI/José Paulo Lacerda/Direitos reservados)
Peso sobre os custos da construção civil tiveram leve desaceleração em fevereiro. (Foto: CNI/José Paulo Lacerda/Direitos reservados)

Os custos da construção civil no Ceará fecharam com alta de 0,8% em fevereiro ante janeiro. Os dados são do Índice da Construção Civil (Sinapi), divulgado hoje (11) pelo IBGE. De acordo com os dados, nos últimos 12 meses, porém, o acumulado é de alta de 12,28%.

O resultado mensal entre janeiro e fevereiro, comparado ao período imediatamente anterior houve desaceleração, pois retraiu de 2,83% em dezembro para 1,94% em janeiro.

Ainda segundo os dados do Sinapi, o custo da construção por metro quadrado, que em janeiro havia fechado em R$ 1.205,68, passou para R$ 1.215,30 em fevereiro, sendo R$ 732,00 relativos aos materiais e R$ 483,30 à mão de obra. A parcela da mão de obra ficou próxima à estabilidade, com 0,03% em relação a janeiro. Já a parcela dos materiais teve alta de 1,3%.

Resultado nacional

O Índice Nacional da Construção Civil (INCC) fechou o mês de fevereiro com alta de 1,33%.

A região Sul apresentou a maior variação, 1,60%, devido à alta na parcela dos materiais em todos os estados, e acordo coletivo registrado em Santa Catarina As demais regiões apresentaram os seguintes resultados: 0,90% (Norte), 1,40% (Nordeste), 1,30% (Sudeste), e 1,29 (Centro-Oeste).

Os custos regionais, por metro quadrado, foram: R$ 1.317,87 (Norte); R$ 1.246,23 (Nordeste); R$ 1.364,56 (Sudeste); R$ 1.381,65 (Sul) e R$ 1.297,35 (Centro-Oeste).

Entre os estados, a Paraíba teve a maior variação mensal, 2,55%, com alta na parcela de materiais e acordo coletivo firmado para as categorias profissionais.