PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Ceará tem aumento de 45,18% em aluguel e venda de imóveis usados em 2020

Dados foram levantados pela plataforma Kenlo e apontam que o mercado imobiliário de imóveis usados teve aumento entre o segundo e o último trimestre de 2020

Everton Lacerda
23:32 | 24/02/2021
Além da alta no número de compra e venda de imóveis usados, a taxa de visitas nas unidades chegou em alta de 115,02%.  (Foto: Fco Fontenele/ O POVO)
Além da alta no número de compra e venda de imóveis usados, a taxa de visitas nas unidades chegou em alta de 115,02%. (Foto: Fco Fontenele/ O POVO)

Apesar da pandemia de Covid-19, o mercado de imóveis usados cresceu 45,18% no Ceará em 2020 quando comparado com o ano de 2019. O dado foi compilado e divulgado pelo Painel do Mercado Imobiliário (PMI), produzido pela plataforma Kenlo. De acordo com o levantamento, entre o segundo e o último trimestre de 2020 foram fechados 1.057 contratos de aluguel ou venda de imóveis usados no Estado em todas as imobiliárias que a plataforma acompanha.

Comparando com o mesmo período de 2019, o crescimento foi de 41,69%. O estudo aponta que nos dois últimos trimestres do ano, a aceleração do mercado foi mais evidente, com o aumento de 66,41% no terceiro trimestre e 59,55% no quarto. Quando analisada somente a compra de imóveis, o aumento foi de 36,9% em comparação com 2019.

LEIA TAMBÉM | Governo quer poupar R$ 500 milhões com imóveis

O número de visitas em imóveis para venda ou aluguel também foi crescente em 2020 no Ceará. Segundo o levantamento da Kenlo, o número de visitas teve alta de 101,98% e 115,02%, respectivamente, nos dois últimos trimestres de 2020.

Conforme explica a plataforma, o PMI reúne uma amostragem do mercado imobiliário secundário de treze estados brasileiros nas cinco regiões. Os dados são obtidos em tempo real por meio de ecossistema que reúne 7,2 mil imobiliárias e 44 mil corretores em todas as regiões do Brasil, que atendem mais de um milhão de proprietários de imóveis.

Valor de compra dos imóveis

Enquanto a movimentação de aluguel e venda de imóveis foi crescente no Ceará, o valor dos imóveis para venda teve queda de 2,7% em relação com o ano de 2019. Entre os municípios do Estado,

“No entanto, este dado também não foi homogêneo. A capital apresentou queda de 0,4% enquanto em Maracanaú, por exemplo, a queda do valor foi de 9,7%. Os municípios de Aquiraz, Eusébio e Caucaia apresentaram alta para os valores dos negócios fechados de 11,5%, 2,2% e 0,7%, respectivamente”, explica a especialista de mercado da área de inteligência da Kenlo, Denise Ghiu.

A especialista aponta que a região com maior registro do valor da mediana de venda para imóveis residenciais usados foi em Aquiraz, com média de R$ 557.500,00. O menor valor registrado foi em Caucaia, com R$ 130.900,00. Fortaleza apresentou valor da mediana de R$ 270.000,00 para os imóveis vendidos.

SOBRE O ASSUNTO | Mercado imobiliário fecha 2020 com alta de 9,8% nas vendas, diz CBIC

TAGS