Participamos do

Concurso do IBGE prevê 8,2 mil vagas no Ceará

Destas, 7,3 mil são para recenseador. Mas há vagas também para agente censitário municipal e agente censitário supervisor. Os profissionais vão atuar na organização e coleta de dados para o Censo 2021
14:06 | Fev. 18, 2021
Autor Irna Cavalcante
Foto do autor
Irna Cavalcante Repórter no OPOVO
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O processo seletivo simplificado do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para agente censitário municipal (ACM), agente censitário supervisor (ACS) e recenseador prevê 8.206 vagas no Ceará. Em todo Brasil, serão ofertadas 204 mil vagas. Os profissionais irão trabalhar na organização e na coleta do Censo Demográfico 2021. As inscrições para a seleção de agentes censitários abrem nesta sexta-feira, 19, e segue até o dia 15 de março, no site do Cebraspe. Já para as vagas de recenseador o prazo será de23 de fevereiro a 19 de março.

Das vagas ofertadas no Estado, 7.313 serão para o cargo de recenseador, que exige nível fundamental completo. Outras 660 vagas para agente censitário supervisor e 233 para agente censitário municipal. Nestes casos, os candidatos devem ter o ensino médio concluído.

Asinscrições para a seleção de agentes censitários abrem nesta sexta-feira, 19, e segue até o dia 15 de março, no site do Cebraspe.Jápara as vagas derecenseador o prazo será de23 de fevereiro a 19 de março.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

 

Os recenseadores receberão por produtividade, dependendo do número de unidades visitadas, da quantidade de questionários respondidos e das dificuldades impostas por cada setor censitário.

"A gente recomenda 25 horas semanais de trabalho, no mínimo, incluindo feriados e finais de semana, porque nesses dias são os mais fáceis, mais simples de encontrar algum morador no domicilio e que ele possa responder com mais tranquilidade ao questionário", disse o coordenador de Recursos Humanos do IBGE, Bruno Malheiros.

Já a remuneração do agente censitário municipal é de R$ 2.100 e do agente censitário supervisor é de R$ 1700. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias.

As provas objetivas serão aplicadas presencialmente no dia 18 de abril para as vagas de agentes censitários, e no dia 25 de abril para os recenseadores.

Segundo o IBGE, a etapa presencial de seleção seguirá os protocolos sanitários de prevenção de covid-19, sendo obrigatório o uso de máscaras, o distanciamento seguro entre candidatos e aplicadores de prova, disponibilização de álcool em gel em todos os locais de prova, além de medidas para evitar aglomerações e respeito às legislações locais. “O candidato que descumprir as medidas de proteção será eliminado do processo seletivo e terá sua prova anulada", informa o IBGE, em nota.

A taxa de inscrição para as funções de ACM e ACS é de R$ 39,49 e para a de recenseador, de R$ 25,77. O boleto pode ser pago pela internet ou em qualquer banco.

O resultado final dos aprovados será divulgado em 27 de maio e o início do trabalho de campo está previsto para agosto. 

Por conta da pandemia de covid-19, o IBGE adiou a realização do censo demográfico, que deveria ter sido conduzido em 2020.O processo seletivo aberto à época para as vagas temporárias foi cancelado, e a taxa de inscrição vem sendo devolvida pelo órgão.

A pandemia também fez o IBGE cancelar a coleta presencial de informações para as pesquisas e levantamentos conduzidos pelo órgão, como a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags