PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

IR 2021: informes de rendimento devem ser disponibilizados até 26 de fevereiro

Documentação é necessária para o preenchimento do Imposto de Renda 2021

Everton Lacerda
17:18 | 16/02/2021
Os informes de rendimento servem para que a Receita Federal compare os ganhos com quanto você pagou de imposto ao longo do ano e verificar se houve sonegação ou não. 
 (Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)
Os informes de rendimento servem para que a Receita Federal compare os ganhos com quanto você pagou de imposto ao longo do ano e verificar se houve sonegação ou não. (Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil)

Empresas, bancos e corretoras de valores têm até o último dia útil de fevereiro, 26, para enviar ou disponibilizar informes de rendimento de 2020 para funcionários e clientes. Os informes são necessários para preencher a declaração de Imposto de Renda de 2021 e os dados servem para que a Receita Federal confira as informações para saber quanto você pagou de imposto ao longo do ano e verificar se houve sonegação ou não.

LEIA MAIS | Como se preparar para ajustar as contas com o leão

O informe é um dos documentos mais utilizados para fazer a declaração do IR. A documentação traz os valores recebidos pelo contribuinte no decorrer do ano, quanto foi pago de imposto na fonte e quanto foi contribuído para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O envio do documento pelos Correios não é regra e as empresas e instituições financeiras podem enviar o documento por e-mail ou disponibilizar para consulta na internet.

No caso de informes de investimentos, o documento é fornecido pelos bancos e constam dados sobre conta corrente, poupança, aposentadoria privada ou qualquer tipo de investimento realizado pelo contribuinte. Todos os rendimentos dos investimentos devem ser apresentados à Receita.

Para aposentados e pensionistas do INSS, o documento é emitido pelo próprio instituto. Os contribuintes devem tirar os comprovantes relativos aos seus rendimentos em 2020 e o procedimento pode ser feito pela internet, por meio da página “Meu INSS”. 

Caso o documento não chegue até o fim do mês, o contribuinte deve entrar em contato com o RH da empresa ou gerente da instituição financeira e solicitar o documento. Caso nada seja feito, o problema deve ser comunicado à RF. Em caso de erros, o empregado possui o direito de solicitar o documento corrigido.

SOBRE O ASSUNTO | Como doar parte do Imposto de Renda

+ Número de declarações do imposto de renda no Ceará ultrapassa expectativa da receita