PUBLICIDADE
Economia
Noticia

78% dos idosos no Ceará contribuem com 50% ou mais da renda do domicílio

O levantamento mostra que 3,2% das pessoas com 60 anos ou mais no Estado já testaram positivo para o novo coronavírus

Beatriz Cavalcante
16:42 | 09/02/2021
 Expectativa de vida no Ceará aumentou 2,1 anos em uma década (Foto: Fabio Lima)
Expectativa de vida no Ceará aumentou 2,1 anos em uma década (Foto: Fabio Lima)

O Ceará tem 1,5 milhão de pessoas com 60 anos ou mais. Destes, 78% contribuem com 50% ou mais da renda do domicílio e 35% estão em domicílios que receberam auxílio emergencial.

Os dados fazem parte do "Perfil das pessoas com 60 anos ou mais", material divulgado nesta terça-feira, 9, elaborado pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), com base em dados da Pnad Contínua e Pnad Covid-19, e que compara números nacionais com informações das unidades da federação.

O estudo ainda mostra que 14,7% dos idosos trabalham e 87% moram com outras pessoas. Há ainda o perfil dos que vivem com estudante (30%) e que possuem plano de saúde (19%).

Pela ótica da pandemia, o levantamento mostra que 55% das pessoas com 60 anos ou mais possuem alguma comorbidade e que 3,2% já testaram positivo para o novo coronavírus.
Brasil

No Brasil, são 37,7 milhões de idosos, o equivalente a 17,9% da população. Destes, 18,5% trabalham e 75% contribuem com 50% ou mais da renda do domicílio. Já o percentual dos que moram com outras pessoas é de 85%, e dos que vivem com estudante é de 21%.

Em relação à área da saúde, 32% possuem plano, mas 58% têm comorbidades em relação ao novo coronavírus. Ainda no País, 2,5% dos idosos testaram positivo para Covid-19.