Participamos do

Setor de bares e restaurantes realiza protesto contra redução de horário de funcionamento

O movimento foi organizado pela Abrasel e busca rechaçar medida que limita horário de funcionamento do serviço de alimentação fora do lar em Fortaleza diante do avanço da Covid-19
11:06 | Fev. 04, 2021
Autor Beatriz Gonçalves
Foto do autor
Beatriz Gonçalves Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Atualizada às 22h14min

Um dia após o novo decreto de isolamento social entrar em vigor em Fortaleza, integrantes do setor de alimentação realizam protesto em frente à Assembleia Legislativa do Ceará contra a medida que reduziu os horários de funcionamento de bares, restaurantes e barracas de praia na Capital. A medida foi tomada diante do aumento expressivo de casos de Covid-19. O protesto conta com forte articulação da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Ceará (Abrasel-CE).

Taiene Rightto, presidente da Abrasel, explicou a motivação da manifestação. "Todo mundo aqui precisa trabalhara, então está todo mundo aqui pedindo o direito de trabalhar para poder sustentar nossas famílias". Para o representante, a medida motiva o trabalho informal: "Deixar a informalidade tomar conta dos espaços não é plausível, a gente precisa trabalhar direito".

A manifestação segue pacífica e com o policiamento habitual da Assembleia no local. O representante explicou que a Abrasel já havia demonstrado descontentamento com as medidas antes, mas "dessa vez o decreto limitou quase que todo nosso funcionamento", diz Taiene. Os manifestantes ficarão no local até serem atendidos por algum representante da Assembleia.

O manifestantes pedem que o decreto Nº 33.918 seja retirado. "Trabalhar com os protocolos claro, mas sem essa restrição que inviabilizou nosso funcionamento", declarou Taiene. De acordo com a Abrasel, aproximadamente 3 mil manifestantes estão no local.

A manifestação segue tranquila. Os membros da Abrasel ainda aguardam serem atendidos pela assembleia. 

Clique na imagem para abrir a galeria

O decreto

Sancionado na terça-feira, 02, o decreto Nº 33.918 limita o horário de funcionamento de serviços não essenciais até o dia 17 de fevereiro. De segunda a sexta, os locais devem funcionar até 20h, já nos finais de semana o funcionamento fica proibido depois das 15h.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags