PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Valorização das unidades do Hard Rock Hotel Fortaleza chega a 44% em 18 meses, diz Grupo VCI

O empreendimento fica na Lagoinha e tem entrega da primeira fase das obras prevista para o fim deste ano

13:19 | 21/01/2021
Novo resort do Hard Rock Hotel em Lagoinha (Foto: divulgação)
Novo resort do Hard Rock Hotel em Lagoinha (Foto: divulgação)

O Grupo VCI, incorporadora responsável pelos empreendimentos Hard Rock no Brasil, informou nesta quinta-feira, 21, valorização de 44% nas unidades do resort da marca na Lagoinha, em 18 meses.

"A pessoa, que foi a primeira que comprou o apartamento, essa pessoa teve valorização de 44% do apartamento em 18 meses. A crise para esse setor ela não afeta diretamente", detalha Samuel Sicchierolli, CEO do Grupo VCI. 

O empreendimento será financiado pelo Banco do Nordeste (BNB). O acordo com a VCI viabilizará a operação de crédito de R$ 71 milhões e foi assinado nesta quinta-feira, 21. A entrega da primeira fase das obras do Hard Rock Hotel Fortaleza está prevista para o fim deste ano.

Assinatura do empréstimo para o Hard Rock Hotel Fortaleza com o BNB
Assinatura do empréstimo para o Hard Rock Hotel Fortaleza com o BNB (Foto: Adailma Mendes)

As obras estão sendo executadas pela BN Engenharia. Após o início da operação, o Hard Rock Hotel irá gerar mais de de 500 empregos diretos e mais de 2 mil indiretos na região.

“Temos uma carteira de recebíveis robusta, mas a operação foi estratégica porque os juros estão em patamares bem interessantes e temos um tempo de carência para pagamento. Dessa forma, o Banco cumpre seu papel de fomentar bons projetos que garantam o crescimento qualitativo do Estado do Ceará“, afirma Fábio Neri, sócio e vice-presidente da Companhia.

Ele ressalta que somente o empreendimento na praia de Lagoinha representou em 2020 cerca de 25% do Valor Geral de Vendas (VGV) de todas as operações imobiliárias do Estado do Ceará, conforme dados da Fipe. A VCI SA tem uma carteira de clientes de R$ 760 milhões e deve ultrapassar a casa de R$ 1 bilhão ainda em 2021.

Com informações da jornalista Adailma Mendes