PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Tesla bate recorde de entregas de veículos em 2020

18:29 | 02/01/2021

A produtora de veículos elétricos Tesla fechou 2020 com entregas de 499.550 unidades, alta de 35,9% no espaço de um ano e um novo recorde para a montadora. Ao todo, a empresa de Elon Musk produziu 509.737 automóveis no último ano, de acordo com dados divulgados hoje pela companhia.

Analistas consultados pela FactSet esperavam 493.000 entregas de veículos pela companhia no último ano. A resiliência dos números da Tesla ao longo dos últimos meses mesmo com o impacto da pandemia sobre o mercado automotivo foi um dos fatores que levou suas ações a saltarem mais de 740% no ano.

"Muito orgulhoso do time da Tesla por atingir essa incrível marca! No começo da Tesla, eu achei que tínhamos (de forma otimista) uma chance de sobrevivência de 10%", disse Musk, que também é o CEO da empresa, em sua conta oficial no Twitter.

No último trimestre do ano passado, a empresa entregou 180.570 automóveis e produziu 179.757. A montadora destaca que iniciou a produção de seu Modelo Y, o mais vendido, na fábrica de Xangai, na China, e que espera entregar em breve as primeiras unidades.

As entregas de 2020 foram impulsionadas pela demanda na China, em que a Tesla passou a fabricar carros no final de 2019. A presença em solo chinês ajudou a empresa a compensar a desaceleração nos EUA, onde sua única fábrica, na Califórnia, ficou fechada por alguns meses a partir de março por determinação das autoridades locais, em uma medida de contenção da pandemia do coronavírus.

A Tesla se tornou em 2020 a montadora mais valiosa do mundo, embora esteja longe, em termos de vendas, das líderes de mercado. A alemã Volkswagen, líder do setor em escala global, vendeu 11 milhões de automóveis no último ano.

A empresa de Elon Musk espera produzir 20 milhões de carros ao ano até 2030. Para aumentar a produção, pretende abrir uma nova fábrica próximo a Berlim, na Alemanha, que seria sua primeira unidade na Europa, e uma planta perto de Austin, no Estado americano do Texas.

Historicamente, a Tesla sofre com atrasos na produção de novos veículos e na expansão do portfólio de produtos. Para este ano, os desafios devem incluir a introdução de novas linhas de produção para um caminhão elétrico e para um caminhão semirreboque.