PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Maia: quem pediu para botar a PEC do FPM na pauta foi deputado da base do governo

18:50 | 21/12/2020

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao Estadão/Broadcast, que foi um deputado da base governista que pediu a inclusão na pauta desta segunda-feira, 21, de Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que aumenta o repasse de recursos aos prefeitos via Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Ele informou que foi o deputado Julio César (PSD-PI), entre outros.

O presidente da Câmara disse que essa foi a razão dele ter colocado a PEC em pauta 12 meses depois de ter sido aprovada em primeiro turno.

Maia lembrou que a base do governo apresentou requerimento para retirar da pauta a proposta. "O governo pode retirar a PEC da pauta aprovando requerimento deles", disse.

Para Maia, o governo tem que trabalhar a articulação para retirar a proposta da pauta. "O governo tem que ter responsabilidade sobre as coisas, segurei 12 meses."

Maia mais uma vez desabafou afirmando que o governo Jair Bolsonaro não pode querer "transferir" para ele o ônus da retirada de pauta.

Questionado sobre a razão de a PEC ter sido colocada em pauta na reta final das votações, Maia respondeu: "Porque me pediram para botar na pauta agora. Porque o governo estava obstruindo a pauta até eleição. Fala a verdade."

Ele avaliou que a aprovação ou não da PEC hoje vai depender da articulação do governo.