PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Luiza Trajano, do Magazine Luiza, é a mulher mais rica do Brasil; conheça outras mulheres na lista da Forbes

A empresa de motores Weg teve destaque este ano e conseguiu emplacar 13 novos bilionários na lista, sete são mulheres e estão no Top 10 de estreantes

Júlia Duarte
11:32 | 23/09/2020
 Luiza Trajano (Foto: Fábio Lima)
Luiza Trajano (Foto: Fábio Lima)

Luiza Trajano, empresária do setor de comércio e fundadora da varejista Magazine Luiza é a mulher mais rica do Brasil, com um patrimônio de R$ 24 bilhões, segundo a Revista Forbes, voltada para negócios e economia. Luiza Helena viu seu patrimônio crescer 181% no último ano e subiu 16 posições no ranking de bilionários. Este ano, o total de mulheres na lista da Forbes aumentou e passou de 33 para 46. As posições também tiveram elevação em 2019, quando a brasileira mais bem colocada no ranking da Forbes era Miriam Voigt Schwartz, da motores Weg, na 22ª posição, com um patrimônio de R$ 10,78 bilhões.

LEIA MAIS: Lista da Forbes: dos 238 bilionários brasileiros, 16 são cearenses

Filha mais velha de Werner Ricardo Voigt, cofundador da fábrica de motores Weg, Miriam apareceu este ano em 32º, com uma patrimônio de R$ 10,77 bilhões. Entretanto, a empresa foi destaque da revista: 13 bilionários cujo patrimônio é proveniente da Weg. Ao todo, 33 novos brasileiros entraram no ranking, 16% a mais do que no ano passado.

Todos os estreantes da Weg herdaram as ações dos fundadores Werner Ricardo Voigt, morto em 2016; Eggon João da Silva, morto em 2015; e Geraldo Werninghaus, morto em 1999. Segundo a revista, o patrimônio deles é de R$ 87,64 bilhões. No top 10 de estreantes na lista, sete são mulheres da empresa. Ao todo, soma da fortuna delas é de R$ 55,29 bilhões.

Confira a lista das mulheres mais ricas do Brasil:


8º) Luiza Trajano (Magazine Luiza): R$ 24 bilhões
14º) Dulce Pugliese de Godoy Bueno (Amil): R$ 16,34 bilhões
28º) Flávia Bittar Garcia Faleiros (Magazine Luiza): R$ 11,46 bilhões
32º) Miriam Voigt Schwartz (Weg): R$ 10,77 bilhões
33º) Cladis Voigt Trejes (Weg): R$ 10,66 bilhões
34º) Valsi Voigt (Weg): R$ 10,56 bilhões
44º) Maria Helena Moraes Scripilliti (Votorantim): R$ 9,46 bilhões
50º) Ana Lúcia Barretto Villela (Itaú Unibanco): R$ 8,74 bilhões
53º) Camilla de Godoy Bueno Grossi (Amil e Dasa): R$ 8,5 bilhões
66º) Lily Safra (Banco Safra): R$ 6,76 bilhões.

A Forbes ressaltou que, apesar das inúmeras consequências econômicas causadas pela pandemia de Covid-19 neste ano, a lista de bilionários brasileiros bateu recorde de novos nomes. Foram 238 nomes ranqueados com fortunas originadas a partir de empreendimentos nos setores de bens de consumo, seguros, infraestrutura e logística, farmácias, aviação e transporte, educação e tecnologia, entre outros.

Confira a posição do Top 10 de estreantes da lista da Forbes, sete são mulheres da empresa Weg:

6º. Alexandre Behring
Patrimônio: R$ 34,32 bilhões
Fonte da fortuna: Investimentos

9º. Ilson Mateus
Patrimônio: R$ 20 bilhões
Fonte da fortuna: Varejo

33º. Cladis Voigt Trejes
Patrimônio: R$ 10,66 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

34º. Valsi Voigt
Patrimônio: R$ 10,56 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

75º. Heide Werninghaus
Patrimônio: R$ 6,5 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

77º. Katia da Silva Bartsch
Patrimônio: R$ 6,38 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

77º. Marcia da Silva Petry
Patrimônio: R$ 6,38 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

80º. Solange da Silva Janssen
Patrimônio: R$ 6,31 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

83º. Martin Werninghaus
Idade: 59 anos
Patrimônio: R$ 5,83 bilhões
Estado: Santa Catarina
Fonte da fortuna: Indústria de motores

88º. Tania Marisa da Silva
Patrimônio: R$ 5,59 bilhões
Fonte da fortuna: Indústria de motores

TAGS