PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Saiba como sacar o auxílio emergencial sem precisar esperar pelo calendário da Caixa

Utilizando carteiras digitais como PicPay, Mercado Pago, Nubank e PagBank é possível ter em mãos a quantia de R$ 600 antes do cronograma oficial

Lais Oliveira
14:59 | 03/07/2020
Os bancos digitais aceitam o depósito na conta via boleto bancário, ou seja, dá para gerar um boleto no aplicativo, pagá-lo e assim ter o dinheiro na conta em até três dias úteis (Foto: DIVULGAÇÃO/NUBANK)
Os bancos digitais aceitam o depósito na conta via boleto bancário, ou seja, dá para gerar um boleto no aplicativo, pagá-lo e assim ter o dinheiro na conta em até três dias úteis (Foto: DIVULGAÇÃO/NUBANK)

O cronograma de saques e transferências da terceira parcela do auxílio emergencial divulgado pela Caixa Econômica se estende até 19 de setembro, com justificativa de evitar aglomerações nas agências. Assim, a espera para sacar o dinheiro em espécie seria de até três meses para alguns beneficiários. Porém, é possível contornar o problema utilizando carteiras digitais como PicPay, Mercado Pago, Nubank e PagBank.

O estudante Yago Oliveira, 20, tem sacado o dinheiro do benefício com antecedência desde a segunda parcela. Nesta sexta-feira, 3, por exemplo, ele conseguirá ter em mãos a quantia de R$ 600 que só receberia no dia 10 de setembro, de acordo com o calendário oficial. O auxílio tem ajudado principalmente a pagar as contas mensais em casa, depois que sua mãe perdeu o emprego durante a pandemia.

Por meio de uma conta no Mercado Pago, Yago usa o cartão de débito virtual como se fosse fazer uma compra no valor de R$ 600 na plataforma, com o dinheiro que está no aplicativo Caixa Tem. Assim, é possível fazer o saque em terminais do Banco24Horas ou transferir para outras contas. "A principal vantagem é ter o dinheiro antes do tempo. É inviável esperar três meses", considera.

LEIA TAMBÉM | Confira o calendário de pagamento do 3º lote do auxílio emergencial e dos de lotes residuais de outras parcelas 

O auxílio emergencial, criado pelo Governo Federal para amenizar impactos econômicos da pandemia, é pago de acordo com a data de nascimento dos beneficiários e com a data de inscrição. Até o prazo determinado para o calendário de saque da Caixa, a movimentação do dinheiro só pode ser feita via aplicativo Caixa Tem para pagamento de boletos e compras com o cartão de débito virtual.

Em todos os calendários, o valor é disponibilizado primeiramente através da conta Poupança Social Digital Caixa. Só em um segundo momento é autorizada a realização de saques do dinheiro em espécie e transferências entre contas.

Segurança

O professor Paulo Rogério Matos, do Pós-Graduação em Economia (Caen) da Universidade Federal do Ceará (UFC), assegura a confiabilidade das instituições financeiras virtuais que inovam e otimizam serviços financeiros por meio da tecnologia (fintechs). Mas ele pontua que é preciso conferir o registro delas junto ao Banco Central e à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para evitar golpes.

"É super confiável e é uma opção interessante", opina Matos sobre o saque com antecedência do auxílio emergencial. "Esses bancos oferecem serviços mais baratos, com menos burocracia, e completam o mercado com uma capilaridade virtual. Quanto mais aplicativos e ferramentas tivermos, melhor", reitera.

Confira como fazer para sacar com antecedência o auxílio por meio de plataformas como PicPay, Mercado Pago, Nubank e PagBank:

PicPay

Para transferir o dinheiro do Auxílio Emergencial para o aplicativo de pagamentos PicPay é preciso gerar o cartão de débito virtual da bandeira Elo pelo aplicativo Caixa Tem.

Com o cartão de débito virtual (Elo) da Caixa Tem, acesse o PicPay e toque na guia “Carteira”;
Toque no botão “Adicionar”;
Escolha a opção “Cartão de débito virtual da Caixa”;
Selecione a opção “Já tenho o cartão virtual”;
Digite os dados do cartão para cadastrá-lo no PicPay;
Depois, escolha o valor que deseja transferir do Caixa Tem ao PicPay e confirme a operação.

A transferência do dinheiro que estava no Caixa Tem para o PicPay pode demorar um pouco, mas uma vez que o dinheiro esteja na carteira virtual, é possível ir até um caixa eletrônico da rede Banco24Horas para sacá-lo, seguindo o calendário de saque, fazer a transferência para outro banco ou até mesmo pagar boletos pelo aplicativo.

Mercado Pago

O Mercado Pago também aceita a transferência dos R$ 600 usando o cartão de débito virtual do Caixa Tem e permite sacar o valor em terminais do Banco24Horas.

Após gerar o cartão de débito virtual, toque em “Adicionar dinheiro”;
Selecione a opção “Cartão Virtual Caixa”;
Toque em “Continuar”;
Digite o valor que deseja transferir da Caixa Tem para a carteira do Mercado Pago;
Toque em “Cartão de débito virtual da Caixa”;
Digite as informações do cartão gerado e toque em “Continuar”.
Nubank ou outro banco digital
Os bancos digitais, como Nubank, C6 Bank, Banco Inter, entre outros, aceitam o depósito na conta por meio de boleto bancário, ou seja, dá para gerar um boleto no aplicativo, pagá-lo e assim ter o dinheiro na conta em até três dias úteis.

Veja como gerar um boleto de depósito no Nubank

Na página inicial do Nubank, clique em “Depositar”;
Selecione a opção “Gerar um boleto de depósito”;
Digite o valor do boleto, o quanto será transferido para o Nubank e toque em “Confirmar”;
Copie o código de barras e use o Caixa Tem para fazer o pagamento.
PagBank (Bônus de R$ 20)
O PagBank é uma conta digital do PagSeguro que funciona como o Nubank.
A novidade é que os novos clientes que transferirem o dinheiro do Auxílio Emergencial do Caixa Tem para o PagBank receberão R$ 20 de bônus na conta.

O método é o mesmo que no Nubank, gerar um boleto de depósito e fazer o pagamento pelo aplicativo do Caixa Tem

Acesse o app PagBank e toque na opção “Adicionar Dinheiro”;
Selecione a opção “Boleto bancário”;
Escolha o valor que deseja transferir do Caixa Tem para a conta do PagBank;
Toque em “Continuar” e copie a sequência numérica do código de barras;
Em seguida, acesse o app do Caixa Tem e faça o pagamento.
O valor deve demorar dois dias úteis para ser efetivado. Depois que cair na conta do PagBank, poderá ser usado para pagamentos, transferências entre outros bancos e até saque na rede Banco24Horas.

com informações do Jornal do Commercio, Via Rede Nordeste