Participamos do

Caixa divulga detalhamento da segunda parcela do auxílio emergencial

Os pagamentos e saques presenciais serão divididos por data de nascimento dos beneficiários
19:37 | Mai. 15, 2020
Autor Gabriel Lopes
Foto do autor
Gabriel Lopes Estagiário de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em pronunciamento oficial, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, divulgou o detalhamento da segunda parcela do auxílio emergencial. Aproximadamente R$ 100 bilhões serão disponibilizados aos beneficiários, que terão direito ao recebimento e ao saque de acordo com o mês de nascimento. O pagamento apenas estará disponível nesta remessa para quem já recebeu a primeira parcela até o dia 30 de abril. Os demais acessam a primeira parcela nas datas definidas para o pagamento da segunda parcela e somente receberão a outra parte em data posterior.

O recebimento da segunda parcela serão entre os dias 20 e 26 de maio. Já o saque em espécie poderá ser feito entre os dias 30 de maio e 12 de junho. Haverá triagem nas filas em frente às agências da Caixa, que atestarão se as pessoas estão na data correta. O saque do Bolsa Família acontecerá entre os dias 18 e 29 de maio de forma exclusiva, com o objetivo de não misturar os beneficiários de auxílios diversos. A transferência do dinheiro para outras contas, por meio de TED e DOC, não será permitida nos primeiros dez dias, pois, segundo o presidente da Caixa, muitas pessoas transferiram para conhecidos e causou desorganização no cronograma de saques em espécie.

Guimarães também disse que os motivos para a não concessão do auxílio serão melhor detalhados para os usuários nos aplicativos. Ele também revelou a parceria com 1.100 prefeituras, que ajudam na organização das filas em frente às agências da Caixa pelo Brasil.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Gustavo Canuto, presidente da Dataprev, e Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania, também estiveram presentes no pronunciamento. Eles trouxeram números do auxílio emergencial até o momento no Brasil. Entre o dia 9 de abril, início do processo, e 14 de maio, houve 66,2 milhões de requerentes, com processamento de 60,5 milhões. Dentre os processados, mais de 29 milhões de pessoas receberam o benefício, enquanto mais de 14 milhões estão inelegíveis e mais de 16 milhões estão inconclusivos. Além disso, 1,5 milhão estão em processamento e mais de quatro milhões de cidadãos aguardam análise.

Início do pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial:

20 de maio, quarta - nascidos em janeiro e fevereiro
21 de maio, quinta - nascidos em março e abril
22 de maio, sexta - nascidos em maio e junho
23 de maio, sábado - nascidos em julho e agosto
25 de maio, segunda - nascidos em setembro e outubro
26 de maio, terça - nascidos em novembro e dezembro

Saque da 2ª parcela do auxílio emergencial:


30 de maio, sábado - nascidos em janeiro
1 de junho, segunda - nascidos em fevereiro
2 de junho, terça - nascidos em março
3 de junho, quarta - nascidos em abril
4 de junho, quinta - nascidos em maio
5 de junho, sexta - nascidos em junho
6 de junho, sábado - nascidos em julho
8 de junho, segunda - nascidos em agosto
9 de junho, terça - nascidos em setembro
10 de junho, quarta - nascidos em outubro
11 de junho, quinta - nascidos em novembro
12 de junho, sexta - nascidos em dezembro

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags