PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Empresárias relatam que Peixe Urbano não paga regularmente quantia devida a estabelecimentos de Fortaleza

Duas proprietárias de negócios em Fortaleza informaram a empresa não pagou a quantia devida aos estabelecimentos

Luana Façanha
00:32 | 17/04/2020
O Teatro do Humor seria um dos estabelecimentos afetados
O Teatro do Humor seria um dos estabelecimentos afetados (Foto: Reprodução/TripAdvisor)

Empresárias relataram ao O POVO que a Peixe Urbano, primeira empresa de e-commerce local, está retendo o pagamento de fornecedores e restaurantes que associam promoções aos cupons do site desde dezembro de 2019. Segundo as proprietárias de negócios em Fortaleza, a falta de repasse afeta o pagamento de funcionários.

A plataforma é responsável pela venda de descontos para usuários em pratos de restaurantes, serviços, entre outros. Vinte porcento é parte da comissão da Peixe Urbano pelas vendas, enquanto o restante vai para aos restaurantes, como explica Klívia Farias, produtora do show de humor do Beira Mar Grill. Responsável pelas vendas de ingressos a partir da plataforma, ela afirma que o pagamento equivalente à parte da empresa no e-commerce não é repassado há quase dois meses.

Ana Carla, proprietária do Teatro do Humor, explica que os restaurantes e serviços associados pagam cerca de 20% do preço do produto que entra em promoção, como pratos, ingressos, entre outros. E a cada 15 dias, um repasse de comissionamento deve ser realizado. No caso do local, que conta com a venda de ingressos para shows de humor, não há registro de repasse desde 26 de dezembro de 2019. “Já tentamos entrar em contato com supervisores responsáveis, porém não atendem telefone, não respondem emails, não conseguimos nenhum contato. E precisamos do dinheiro para pagar nossos funcionários”, conta Ana Carla.

Desde terça-feira, 14, O POVO solicita o posicionamento da Peixe Urbano por meio da assessoria de comunicação, mas até o momento não houve resposta.