PUBLICIDADE
Economia
Noticia

Quarentena causa aumento de até 40% nas compras online

Dados foram apresentados pela Compre e Confie e são válidos para a primeira quinzena de março, em comparação com mesmo período no ano passado

18:27 | 30/03/2020

Com o impacto do isolamento social causado pela quarentena em prevenção ao novo coronavírus (covid-19), as compras online na primeira quinzena de março apresentaram aumento de 30 a 40% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo entidades do setor. As informações são da revista eletrônica Exame.

Os dados apresentados pela Compre e Confie, empresa do grupo ClearSale que trabalha com inteligência de mercado, o crescimento das vendas totais foi de 40% na primeira quinzena deste mês. Alguns itens específicos, como os relacionados a saúde, tiveram crescimento mais expressivo: o segmento registrou aumento de 124%.

Essa plataforma não mantém dados sobre serviços de entrega de comida, como iFood, Uber Eats e Rappi.

O presidente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), Maurício Salvador, acredita que o setor está preparado para aumentos sazonais, mas admite que algumas lojas virtuais "já estão comunicando em seus sites possibilidade de atrasos e substituições de produtos por conta da ruptura de estoques".

O Mercado Livre registrou, ainda na primeira quinzena de março, aumento de 65% na venda de produtos como máscaras protetoras, álcool em gel e produtos de primeira necessidade, como alimentos, papel higiênico, fraldas etc. Visando atender à demanda, a empresa reforçou a equipe de logística.

Segundo o vice-presidente de Mercado e Envios para a América Latina, a plataforma teve planejamento que "prevê antecipar para um prazo imediato a curva de contratação prevista para três meses".

 

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >