PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Missões de negócios saindo do Brasil estão suspensas até julho por conta do Coronavírus

Nenhum empresário ou representante do setor industrial cearense foi pego de surpresa com os cancelamentos já em solo europeu, tranquiliza a gerente do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec)

Samuel Pimentel
19:08 | 12/03/2020
Indústria preocupada com a escalada de casos do Coronavírus ao redor do mundo
Indústria preocupada com a escalada de casos do Coronavírus ao redor do mundo (Foto: Arquivo)

Pelo menos seis ações de promoção comercial que partiriam do Brasil com destino a feiras internacionais na Europa já foram suspensas após o cancelamento de eventos em decorrência da pandemia de Coronavírus (Covid-19). Com isso, as missões de negócios saindo do País foram suspensas até o fim de junho.

De acordo com a gerente do Centro Internacional de Negócios (CIN) da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Karina Frota, nenhum empresário ou representante do setor industrial cearense foi pego de surpresa com os cancelamentos já em solo europeu. Mas, observa que é priorizada a cautela neste momento.

Sobre os impactos no mercado, Karina Frota destaca que pode haver aumentos escalonados de preços, principalmente em setores que realizam a importação de insumos, por causa da escalada do dólar nas últimas semanas. Nesta quinta-feira, por exemplo, a moeda ficou cotada a máxima de R$ 5,01. No fechamento ficou por R$ 4,784.

"Existia um ponto de alerta, pois tudo estava relacionado ao controle da epidemia. A depreciação cambial acontece em meio à grandes incertezas", analisa.