PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Grupo Paquetá estuda venda das lojas Esposende no Ceará

Empresa busca vender as 67 unidades que mantém no Nordeste para levantar recursos para pagar dívida de R$ 638,5 milhões

12:26 | 27/06/2019

Empresa que pediu recuperação judicial na última segunda-feira, 24, o grupo calçadista Paquetá estuda a venda da rede de lojas próprias Esposende, que conta com 67 unidades no Nordeste, para levantar recursos. A informação foi divulgada nesta quinta-feira, 27, pelo Valor Econômico. No Ceará, a rede conta com 12 unidades, segundo informações do site da empresa. 

Com 74 anos de operação e 11 indústrias, o grupo gaúcho chegou ao Estado em 1996 e emprega cerca de 7 mil pessoas. Atualmente, além das lojas da Esposende, a empresa conta com fábricas em Itapajé e Pentecoste, no Ceará. A companhia também possui indústrias no Rio Grande do Sul e na Bahia, além de 148 lojas próprias e 86 lojas franqueadas. O faturamento é superior a R$ 1,3 bilhão.

As duas principais marcas do grupo são Capodarte e Ortopé. Gaston, Paquetá, Paquetá Esportes, Ateliermix, Dumond, Esposente também fazem parte.  A companhia, que conta com 10.250 funcionários, acumula uma dívida de R$ 638,5 milhões. Em 2018, foram feitas 600 demissões. O pedido de recuperação judicial foi feito na comarca de Sapiranga, Região Metropolitana de Porto Alegre, onde fica localizada a principal sede da empresa.

Redação O POVO Online