PUBLICIDADE
Economia
NOTÍCIA

Se existirem choques, tem que ajustar política monetária, diz Armínio Fraga

16:56 | 22/05/2019
Se houver choques na economia, o Banco Central (BC) tem que ajustar a política monetária, mesmo que faça isso devagar, afirmou nesta quarta-feira, 22, o economista Arminio Fraga, sócio da Gávea Investimentos e ex-presidente da autoridade monetária.
"A beleza do sistema (de metas de inflação) é que, quando a inflação está subindo, ele aperta (a política monetária), quando está caindo, afrouxa", afirmou Arminio, em mesa-redonda durante o XXI Seminário Anual de Metas para a Inflação, no Rio.
Fraga defendeu os ajustes na política monetária ao ser questionado pela plateia sobre como o BC deve reagir quando, num cenário de expectativas de inflação ancoradas, ocorre um "choque de incerteza contracionista".
"Teve um choque de oferta monumental, tem que ajustar. Pode suavizar, mas tem que ajustar", afirmou Fraga.

Agência Estado